Clube da Luta

Rosy Duarte ganha chance de se tornar a primeira atleta cearense a disputar uma luta de MMA no exterior

Rosy tem um cartel de oito vitórias e duas derrotas. Foto: O POVO

Rosy tem um cartel de oito vitórias e duas derrotas. Foto: O POVO

Os lutadores cearenses estão ‘invadindo’ a Rússia. Depois de Hermes França, Ricardo Koreano, Carlos Índio e Leandro Naja, a próxima representante do Estado a embarcar rumo ao leste europeu é Rosy Duarte, atleta da equipe Essencial, que vive grande fase, embalada por cinco vitórias seguidas.

Rosy foi escalada para lutar no Fight Nights Petesburg, que será realizado na arena Palácio de Gelo, em Sanpetesburgo, na Rússia, no próximo dia 23 de outubro. O evento, que já revelou nomes como Ali Baugatinov, atleta peso-mosca do UFC, vai reunir alguns dos principais atletas russos encarando lutadores estrangeiros. Além de Rosy, o brazuca Alberto Pereira está no card e fará a luta principal contra Vladimir Mine.

Será a primeira que uma lutadora cearense disputa uma luta de MMA profissional no exterior. Em 2015, o MMA feminino cearense já quebrou barreiras, com outras duas atletas – Viviane Sucuri e Ilara Joanne – que competem em um evento internacional de MMA, o XFCi.

ADVERSÁRIA EXPERIENTE

Cartaz de divulgação da luta de Rosy na Rússia.

Cartaz de divulgação da luta de Rosy na Rússia.

Rosy Duarte vai enfrentar a russa Julia Berezikov, de 31 anos e que representa a equipe Freelance. A gringa possui um cartel de 12 lutas profissionais no MMA, com oito vitórias e quatro derrotas. Uma desses revezes foi contra a polonesa Joanna Jedrzejczyk, atual campeã do peso-palha do UFC, em julho de 2013, em um evento de MMA na Rússia. Ainda assim, Julia Berezikov vem de vitória sobre a brasileira Juliana Werner, na 9ª edição do XFCI, ocorrida em março deste ano, em São Paulo.

ESTREIA NO EXTERIOR

Essa será a primeira luta internacional de Rosy Duarte, de 34 anos, que tem um cartel de 10 lutas profissionais no MMA, com oito vitórias e apenas duas derrotas. Em sua última luta, em maio deste ano, a cearense conquistou o cinturão do Brabos Combat, ao derrotar por decisão unânime Elaine Albuquerque, no interior de Alagoas.

Nas redes sociais, Rosy Duarte celebrou a oportunidade. “Até que enfim vou ter minha chance de realizar meu sonho lutar fora do Brasil. Estou confiante e não estarei sozinha, pois levo comigo toda força necessária pra ser campeã”, postou a lutadora.

RETROSPECTO CEARENSE NA RÚSSIA

Hermes foi um dos cearenses que venceu luta na Rússia este ano. Foto: Reprodução Internet

Hermes foi um dos cearenses que venceu luta na Rússia este ano. Foto: Reprodução Internet

Rosy Duarte é a 5ª cearense a lutar este ano na Rússia. O retrospecto para os representantes do Estado é bem positivo: três vitórias, com as finalizações de Hermes França, Carlos Índio e Leandro Naja.

Apenas Ricardo Koreano não saiu vitorioso, após ser prejudicado no combate ao sofrer uma cabeçada (golpe irregular) de seu oponente.

Recomendado para você