Clube da Luta

Encaradas marcam lançamento do 1º Round Combat; confira as fotos e o card de lutas

Amaury e Bilharinho frente a frente | Foto: Lucas Mota/O POVO

Amaury e Bilharinho frente a frente | Foto: Lucas Mota/O POVO

O lançamento do 1º Round Combat, realizado na noite desta quinta-feira, 15, no Ultimate Sport Music Bar, localizado na Varjota, reuniu quase todos os atletas do card e promoveu as primeiras encaradas. Destaque para o ‘cara a cara’ entre Jonas Bilharinho e Amaury Junior; e Andrezinho Nogueira e Jamil Silveira, que entrou no lugar de Leandro Naja – o lutador irá fazer um novo combate na Rússia, em 28 de novembro, e o evento em Fortaleza, está marcado para 6 de dezembro na casa de shows Siará Hall, na Av. Wasghinton Soares. Carlos Eduardo ‘Cachorrão’ e Kleber ‘Orgulho’, que fazem a luta principal, protagonizaram um encontro tranquilo, assim como a dupla do co-principal, Maurílio ‘Touro’ e Zeca ‘Predador’.

Com uma rivalidade criada nos últimos meses, Jonas Bilharinho e Amaury Junior compareceram ao evento ostentando seus cinturões. Jonas levou os dois do Jungle Fight, das divisões galo e pena, enquanto o potiguar exibiu seus três títulos – dois do Limo Fight e um do NFC, este último conquistado no dia 8 deste mês. Eles ainda podem aumentar a coleção, visto que o combate no 1º Round Combat vale a cinta dos penas. No bate papo com o Blog Clube da Luta, os dois pregaram um discurso mais respeitador.

As farpas que trocamos foram fictícias. Na realidade, não houve farpa. Foi um pouco questão de mídia, é bom para dar uma movimentada. Eu e Amaury, a gente se dá bem, é um cara gente fina. O pouco de rivalidade que há é no fato de que nós dois somos os únicos campeões em duas categorias simultaneamente de um evento”, disse Jonas.

“Ele é um cara duro, experiente. Estamos estudando  muito jogo dele, estou achando algumas brechas para poder vencê-lo. Ele é um cara muito duro, respeito ele, e estarei preparado para ele 100%”, comentou Amaury.

Revanche: Andrezinho x Jamil
A empolgação ficou clara no semblante de Jamil Silveira, que nos últimos dois anos reforçou o pedido por uma revanche contra Andrezinho Nogueira. No momento de subir no ‘mini’ octógono do local para encarar o rival, o atleta da Nova União/Dragon Fight bateu palmas e mostrou motivação máxima para a chance, que segundo o próprio lutador, foi um presente de natal.

“Não esperava, achava que ia lutar com o Eduardo Pachu e, de repente. chegam para mim dizendo que é com o Andrezinho. Estou muito feliz, é um presente de Natal. Já venho querendo essa luta há muitos anos”, relatou ele. De acordo com Andrezinho, um dia antes do lançamento o combate foi fechado. Eduardo Pachu, que inicialmente lutaria contra Jamil, agora enfrenta Rafael Gárgula, pupilo de Godofredo Pepey.

Retorno de Cachorrão
Diante de várias lutas promissoras, o 1º Round Combat promove o retorno de Carlos Eduardo ‘Cachorrão’, que ficou afastado do cage por mais de um ano após a saída do Bellator.

+  Carlos Eduardo Cachorrão: saída do Bellator, dificuldades e retorno ao MMA

“Satisfação muito grande, depois de mais de um ano parado, de poder fazer a luta principal em Fortaleza, desse grande evento, um grande sonho do empresário Junior, o organizador da liga. As expectativas são as melhores possíveis e, dia 6 de dezembro, será só alegria”, afirmou o meio-pesado.

 

 

 

Os estilosos
Dando uma pausa nos treinos para participar do lançamento do 1º Round Combat, os atletas deixaram o uniforme habitual de luta na academia e capricharam no estilo. Os trajes sociais reinaram na ‘passarela’ do MMA. Destaque para Jonas Bilharinho, Ednaldo Lula, Jamil Silveira, Eduardo Pachu e Alan Gomes, que investiram em ternos.

“O evento chegou para ficar, já é o maior do Estado, e vem para ser o maior do Brasil. Então, coloquei na cabeça, vou todo estiloso, para chamar a atenção mesmo, porque tem que se acostumar com a mídia. Se Deus quiser, vou estar lutando no UFC, e tenho que me acostumar com isso e ir todo arrumado e andar no estilo”, explicou Alanzinho.

Com direito a colete, Bilharinho, que tem um patrocinador de roupas, disse que veio para ser o mais estiloso da noite. “Cara, tenho patrocinador, a Destaque Festas, e não poderia vir menos do que o melhor vestido”.

Quarteto da Team Nogueira: Pachu, Bilharinho, Juliana e Alan | Foto: Lucas Mota

Quarteto da Team Nogueira: Pachu, Bilharinho, Juliana e Alan | Foto: Lucas Mota

Do lado feminino, Rosy Duarte e Juliana Velasquez, as únicas mulheres do card, apostaram no vestido de cor preta.

Card do 1º Round Combat
Carlos Eduardo ‘Cachorrão’ x Kleber ‘Orgulho’ (até 93 kg)
Maurílio “Touro” x Zeca “Predador” (até 84 kg)
Jonas Bilharinho x Amaury Junior (até 70 kg)
Andrezinho Nogueira x Jamil Silveira (até 68 kg)
Sandro ‘Apaga Luz’ x Ednaldo Lula (até 93 kg)
Arlison Tenchihan x André Tererê (até 70 kg)
Eduardo Pachu x Rafael Gárgula (até 70 kg)
Alan Gomes x Michael William (disputa de cinturão até 57 kg)
Rosy Duarte x Juliana Velasquez (disputa de cinturão até 61 kg)
Alyson Viana x Fabio Taz (até 77 kg)
Vladson “Gereba” x Sasso Sales (até 70 kg)
Odali Filho ‘Gorila’ x Khetag Pliev (até 84 kg)

Recomendado para você