Clube da Luta

Coluna Clube da Luta: atletas cearenses ganham espaço em eventos de MMA no exterior

No Chance (esquerda) e Ilara tem lutas marcadas no exterior. Fotos: Fábio Lima/OPOVO e Luan Alexandre / TV Fight

No Chance (esquerda) e Ilara tem lutas marcadas no exterior. Fotos: Fábio Lima/OPOVO e Luan Alexandre / TV Fight

*Foi-se o tempo em que para lutar no exterior os atletas cearenses tinham que fechar contrato com as grandes organizações de MMA, como o UFC e o Bellator. Do ano passado para cá, as portas se abriram para que mais lutadores do Estado tivessem oportunidade também em eventos internacionais de médio porte, em especial na Europa e na Ásia. Entre os contemplados, nomes como os veteranos Hermes França (ex-campeão do WEC), Andrezinho Nogueira (que recentemente venceu um GP de MMA na Suíça), Carlos Índio, Jamil Silveira, Mário Pimba, Rosy Duarte, Leandro Naja. Atletas da nova geração, como Marcos Maju, Fabrício Andrade e Ítalo Camaleão também tiveram vez.

Os próximos cearenses da fila são José Maria ‘No Chance’ e Ilara Joanne, que se preparam para lutas internacionais. Ex-UFC e detentor do cinturão em três organizações brasileiras (Limo Fight, Circuito Talent e Arena Fight), No Chance (também conhecido como José Maria Sem Chance) acaba de fechar contrato de três lutas com o Absolute Championship Berkut (ACB), entidade de lutas da Rússia. O primeiro compromisso está marcado para 22 de outubro, quando enfrenta Askar Askarov, em Moscou. Já Ilara, embalada por quatro vitórias, fechou acordo para lutar no Mercosul Fighting Championship, no dia 3 de novembro, em Caracas, na Venezuela. De equipe nova, a Evolução Thai, Ilara enfrenta a iraniana Malihe Younes.

Evento de Caratê
Em Fortaleza, a atração do fim de semana é a 2ª edição da Copa Bushi No Te, que tem como objetivo valorizar e difundir a prática do caratê (que estreará como esporte olímpico em Tóquio-2020). Aberta ao público, a competição será realizada no domingo, a partir das 8 horas, na quadra do CEU do Centro de Humanidades da Universidade Federal do Ceará (UFC), no bairro Benfica . As disputas envolvem caratecas de 4 a 70 anos de idade. Organizado pelo Programa de Karatê Bushi No Te e o Instituto Beatriz e Laura Fiuza (IBLF), o evento atraiu 43 agremiações e 611 atletas em 2015 e espera repetir a dose.

UFC no Canadá
Na telinha, a grande pedida do fim de semana é a edição que o UFC realiza neste sábado, em Vancouver (Canadá). Vale ficar na torcida pelos brasileiros Demian Maia e Charles do Bronx. Maia faz a luta principal contra o americano Carlos Condit. Se vencer, deve enfim ganhar a chance de disputar o cinturão dos meio-médios. Do Bronx também mira o cinturão, só que dos penas. Ele encara Anthony Pettis, ex-campeão dos leves. Pedreira.

FIQUE LIGADO
Nesta sexta-feira tem Bellator 160 com o potiguar Patrício Pitbull fazendo a luta principal contra o americano Ben Hendeson, ex-UFC

* Reprodução do texto publicado nesta sexta-feira, dia 26, nas páginas de esporte do jornal O POVO

Recomendado para você