Clube da Luta

Cearense Caio Magalhães revela seus planos após se desligar do UFC

107.23.176.162 /clubedaluta/2016/11/01/cearense-caio-magalhaes-revela-seus-planos-apos-se-desligar-do-ufc/
753 Seja o primeiro a comentar
Caio espera lutar ainda este ano | Foto: Camila Almeida/O POVO

Caio espera lutar ainda este ano | Foto: Camila Almeida/O POVO

No mesmo mês em que o Ceará ganhou mais um representante no UFC, com o ingresso de Viviane Pereira ‘Sucuri’, o Estado teve também uma baixa no elenco de cearenses. Após quatro anos de serviços, Caio ‘Monstro’ Magalhães foi cortado da organização, no último dia 22 de outubro. Ele vinha de duas derrotas seguidas, para Josh Samman (finalização) e Brad Tavares (decisão), na última luta, em setembro passado. Ao todo, foram sete apresentações no maior evento de MMA do mundo, com quatro vitórias e três derrotas.

Em entrevista ao blog Clube da Luta, o atleta de 28 anos contou como recebeu a notícia de sua saída do UFC. “A notícia foi confirmada no sábado (dia 22), mas eu fiquei sabendo na sexta-feira. No primeiro momento eu fiquei um pouco triste. Senti, mas ao mesmo tempo já comecei a abrir novos horizontes. Nada mudou na minha rotina. Estava treinando forte aqui em Fortaleza, como continuo fazendo agora, sempre com duas sessões de treino, uma de manhã e outra de noite”, comentou o lutador, que representa a equipe Nova União.

Sobre os planos após seu desligamento do Ultimate, Caio projeta seu retorno ao octógono ainda este ano, mas ainda não sabe informar por qual organização lutará. “Meu empresário já está vendo isso, de quando vou voltar a lutar. Espero que seja em um bom evento. Acredito que volto a lutar ainda este ano, até dezembro”, projetou.

A médio prazo, Caio diz ter um foco em mente: retornar ao UFC. Para isso, ele sabe que precisa mostrar serviço e emplacar uma sequência de bons resultados em seus próximos combates. “Penso em voltar futuramente ao UFC. Quero voltar, mas voltar com mais moral”, afirmou.

Recomendado para você