Clube da Luta

Coluna Clube da Luta: agenda cheia no jiu-jitsu cearense em 2017; confira o calendário

Calendário prevê eventos nos 12 meses do ano. Foto: FJJLPCE/ Divulgação

Calendário prevê eventos nos 12 meses do ano. Foto: FJJLPCE/ Divulgação

Os fãs e praticantes da ar te-suave não perdem por esperar. O calendário jiu-jiteiro de 2017 vem aí com média de mais uma competição por mês. Isso só levando em conta a agenda de eventos da Federação de Jiu-Jitsu e Lutas Profissionais do Ceará (FJJLPCE/CPLP). A programação do ano novo já começa no dia 14 de janeiro, com o Festival de Férias BJJ/NO-GI (com disputas com e sem quimono), em Fortaleza. No Interior, estão previstas quatro edições de Open, duas em Juazeiro do Norte, uma em Ubajara e outra em Tianguá. No primeiro semestre, um dos destaques é o Norte-Nordeste, dia 19 de março, no Cariri. No segundo semestre, a grande atração é o Mundial de Jiu-Jitsu da CPLP, agendado para 19 e 20 de agosto, em Fortaleza. O ano jiu-jiteiro termina com seminários com grandes nomes e a premiação dos melhores colocados no ranking da FJJLPCE em dezembro.

Confira o calendário com a relação de todos os eventos de jiu-jitsu previstos para 2017 da FJJLPC/CPLP

calendario
NAJA EM ALTA NO EXTERIOR
Cada vez mais internacional, o lutador cearense Leandro Naja acaba de fechar contratos para lutar no One Championship (maior organização de MMA da Ásia) e no Kulun Fight, principal evento de MMA da China. O primeiro desafio será no Kulun Fight, na edição marcada para a próxima segunda-feira, dia 2 de janeiro, contra o chinês Lipeng Zhang, ex-lutador do UFC, no MMC, na China.

No dia 14, Naja fará sua estreia no One FC, em Jacarta (Indonésia), contra o invicto Saygid Guseyn Arslanaliev, do Daguestão, que tem quatro vitórias em quatro lutas. Depois de fazer carreira no MMA cearense, onde foi campeão do Limo Fig ht e do Extreme Fighter, Naja se mudou este ano para Hong Kong, onde treina na Spark Fight & Fitness ao lado de outros cearenses, como Mário Pimba e Lucas Calou, também lutadores de MMA. O ano de 2017 já começará cheio de desafios para o atleta, que é faixa-preta de jiu-jitsu do mestre Guilherme Santos, da equipe Nova União.

*Reprodução da coluna publicada no jornal O POVO nesta sexta-feira, 30 de dezembro de 2016. 

Recomendado para você