Clube da Luta

Aposentadoria? Vitor Belfort volta a vencer após três derrotas e promete fazer mais cinco lutas no UFC

Belfort venceu por decisão unânime no Rio. Foto: UFC/Divulgação

Quem esperava que o UFC 212 fosse palco da única luta da carreira de Vitor Belfort ficou a ver navios. Logo após vencer, por decisão unânime, o americano Nate Marquardt na noite deste sábado, no Rio de Janeiro, o lendário lutador brasileiro fez questão de avisar aos fãs de que ainda seguirá na ativa no Ultimate.

“Acabei de falar que vou fazer mais cinco lutas. Vocês vão ter engolir o Vitor Belfort. Eu vou voltar e vou me reinventar cada vez”, disse o lutador, que está prestes a completar 40 anos, ainda no octógono carioca.

O cenário criado da possível aposentadoria de Belfort foi após criado após o lutador declarador, na coletiva de imprensa do UFC Fortaleza, onde foi nocauteado por Kelvin Gastelum, em março deste ano, de que faria apenas mais uma luta pela organização, quando afirmou “chegou minha hora de encerrar meu capítulo como lutador profissional. Meu corpo já não é a mesma coisa para o treinamento, é muita dor. São mais de 14 cirurgias que eu já tive”.

VEJA TAMBÉM

Cearense Viviane Sucuri vence sua luta no UFC 212 e segue invicta no MMA profissional

Às vésperas do UFC 212, Belfort chegou a desconversar sobre aposentadoria, mas não cravou por mais quanto tempo ficaria em ação. Até vencer Marquardt, Belfort vinha de uma sequência de três derrotas seguidas. Todas por nocaute, para Gegard Mousasi, Ronaldo Jacaré e Kelvin Gastelum.

Atleta mais antigo em atividade no UFC, Belfort é funcionário da organização há 20 anos. No período, realizou mais de 30 lutas e foi duas vezes campeão, do torneio dos pesados em 1997 e detentor do cinturão dos meio-pesados em 2004.

Assista o momento em que o lutador foi anunciado o vencedor da luta e declarou que seguirá lutando pelo UFC:

Confira o resultado de todas as lutas do UFC 212:

Card Principal
Max Holloway derrotou José Aldo por nocaute técnico no 3° round
Claudinha Gadelha finalizou Karolina Kowalkiewicz com um mata-leão no 1° round
Vitor Belfort derrotou Nate Marquardt por decisão unânime dos jurados
Paulo Borrachinha derrotou Oluwale Bamgbose por nocaute técnico no 2° round
Yancy Medeiros derrotou Erick Silva por nocaute técnico no 1° round

Card Preliminar
Raphael Assunção derrotou Marlon Moraes por decisão dividida dos jurados
Antônio Cara de Sapato finalizou Eric Spicely com um mata-leão no 2° round
Mathew Lopez derrotou Johnny Eduardo por nocaute técnico no 1° round
Brian Kelleher finalizou Iuri Marajó com uma guilhotina no 1° round
Viviane Sucuri derrotou Jamie Moyle por decisão unânime dos jurados
Luan Chagas finalizou Jim Wallhead com um mata-leão no 2° round
Deiveson Alcântara derrotou Marco Beltrán por nocaute técnico no 2° round

Recomendado para você