Clube da Luta

VÍDEO: Viviane Sucuri comemora vitória no UFC 212 e diz que já sonha estar entre as TOPs de sua categoria

Sucuri celebra a vitória ao lado de sua equipe. Crédito da foto: Jason Silva-USA TODAY

Missão cumprida em solo carioca. Em sua segunda luta na maior organização de MMA do mundo, a cearense Viviane Pereira, a Sucuri, não deu chances para a adversária e manteve sua invencibilidade no na carreira ao derrotar, por pontos, a americana Jamie Moyle, no UFC 212, disputado no último sábado, na Arena da Barra, no Rio de Janeiro. Foi a 13ª vitória em 13 lutas profissionais. Um retrospecto que a credencia a figurar entre as TOPs do peso-palha feminino do Ultimate, onde compete.

Após emplacar a segunda vitória na categoria, ela mira, num futuro breve, ocupar um lugar de destaque na divisão. : quer o topo e o cinturão da divisão.  “Próximo passo é esperar a próxima luta e quem sabe chegar entre as cinco melhores e com certeza tentar a disputa de cinturão, que é o que todo atleta de alto rendimento busca”, declarou a única representante feminina do Ceará no UFC, logo após o seu combate no Rio.

Ao falar de seu desempenho no combate, destacou a sua estratégia de buscar sempre o ataque e enalteceu o trabalho realizado com sua equipe, a Dragon Kombat, de Fortaleza. “Só queria saber de buscar a vitória o tempo inteiro. Graças a Deus eu consegui isso. Isso vem do meu personal Aguinaldo José, que vem trabalhando a parte física comigo, junto com o meu mestre Marcos Batista na parte técnica. Daí o resultado”, avaliou a atleta, que tem 23 anos, é natural de Tauá e que iniciou sua trajetória no esporte aos 13 anos e é profissional do MMA desde os 19.

Confira a entrevista que a lutadora concedeu após sua luta:

COMEMORAÇÃO PELA VITÓRIA

Veja o momento em que Sucuri é anunciada vencedora do combate contra Jamie Moyle:

Recomendado para você