Clube da Luta

Jon Jones testa positivo para esteroides e pode perder cinturão dos meio-pesados do UFC, diz site

Jones já foi pego no doping antes, por doping. Foto: UFC\Divulgação

Texto: Neto Ribeiro

O campeão do peso-meio-pesado Jon Jones testou positivo para esteroides em exame antidoping que foi realizado no dia anterior a sua luta contra Daniel Cormier, no UFC 214, evento que lhe rendeu o cinturão da categoria. Segundo informações do site americano TMZ Sports, o atleta foi flagrado com a substância turinabol, utilizada para ganhos de massa muscular.

Dana White, presidente do UFC, em entrevista à ESPN americana, disse que Jones ainda não foi oficialmente retirado do posto de campeão. O lutador voltou ao octógono neste ano quando reconquistou o cinturão do peso-meio-pesado ao nocautear com um chute alto o americano Daniel Cormier.

Esta não é a primeira vez que “Bones” é pego no doping. Em 2015, noutro exame fora de competição, ele foi flagrado por uso de cocaína. Na ocasião, a Comissão Atlética de nevada admitiu ter errado em testá-lo para drogas recreativas, tendo em vista que o teste só é feito em período de competição.

Jones foi suspenso em 2016 no UFC 200, quando ele foi impedido de lutar por um ano ao ser flagrado sob uso de clomifeno, substância bloqueadora de estrogênio

Recomendado para você