Clube da Luta

Cris Cyborg vence Holly Holm e mantém Brasil com dois cinturões no UFC

54.173.237.152 /clubedaluta/2017/12/31/cris-cyborg-vence-holly-holm-e-mantem-brasil-com-dois-cinturoes-no-ufc/
51 Seja o primeiro a comentar

Cris Cyborg foi superior no combate e festejou mais uma vitória na carreira. Foto: UFC/Divulgação

 

O ano de 2017 terminou bem para o MMA brasileiro. Na última edição do UFC no ano, Cris Cyborg entrou em ação para defender o cinturão dos pesos-penas feminino da organização. E manteve o seu título ao vencer, por decisão unânime, a americana Holly Holm, na madrugada de sábado para domingo (31), em Las Vegas, nos Estados Unidos. Com o resultado, o Brasil segue com dois campeões em 11 categorias de peso no Ultimate: Cris Cyborg e Amanda Nunes, que comanda a categoria pesos-galos feminino.

A LUTA

As duas lutadoras travaram uma luta dura, que se estendeu por cinco rounds. Nos primeiros dois rounds, o duelo foi parelho, com as duas atletas conectando bons golpes. Do 3° round em diante, Cyborg dominou e foi bem mais efetiva que sua adversária, que terminou o combate com o rosto bem castigado.

O UFC 219 contou ainda com a presença de outros dois atletas brasileiros. Na co-luta principal da noite, o o peso-leve carioca Edson Barboza acabou dominado por Khabib Nurmagomedov e foi derrotado por decisão unânime. Melhor sorte teve o paulista Matheus Nicolau, que teve uma atuação de gala diante do americano Louis Smolka, vencendo por pontos.

Confira os resultados do UFC 219:

CARD PRINCIPAL
Cris Cyborg derrotou Holly Holm por decisão unânime (49-46, 48-47, 48-47)
Khabib Nurmagomedov derrotou Edson Barboza por decisão unânime (30-25, 30-25, 30-24)
Dan Hooker derrotou Marc Diakiese por finalização (guilhotina) aos 42s do 3º round
Carla Esparza derrotou Cynthia Calvillo por decisão unânime (triplo 29-28)
Neil Magny derrotou Carlos Condit por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28)

CARD PRELIMINAR
Michal Oleksiejczuk derrotou Khalil Rountree por decisão unânime (triplo 30-27)
Myles Jury derrotou Rick Glenn por decisão unânime (triplo 30-27)
Omari Akhmedov e Marvin Vettori terminaram com um empate majoritário (28-28, 29-28, 28-28)
Matheus Nicolau derrotou Louis Smolka por decisão unânime (30-26, 30-26, 30-25)
Tim Elliott derrotou Mark de la Rosa por finalização (triângulo de mão) aos 1m41s do 2º round

Recomendado para você