Clube da Luta

Definidas as lutas principais da 1ª edição do Brasil Grand Champion MMA & Kickboxing, em Russas

Lucas Aguiar, Arlison Tenchiran, Jhonny Lenha e Goivanny Oliveira estão confirmados no card. Foto: Divulgação

Grande novidade do calendário de 2018 entre os eventos de artes marciais do Ceará, o “Brasil Grand Champion – Mixed Martial Arts (BGC MMA)” já está com o card pronto para sua 1ª edição, marcada para o próximo dia 14 de abril, na cidade de Russas, na região do Jaguaribe. As lutas principais foram fechadas e reveladas em primeira mão à coluna. Uma das grandes atrações é o duelo pelo cinturão inaugural de MMA da categoria peso-pena (divisão até 66kg) entre o potiguar Amaury Júnior e o cearense Israel Oliveira.

Em luta da categoria peso-médio, o limoeirense Jhonny Lenhador (campeão dos super-leves do Limo Fight) enfrenta Ytalo Valentim, de Fortaleza. Outras duas lutas de MMA de de destaque são Paulo Victor x Davi Macaco (peso-leve) e Jonathas Cavalcante x Renan Senna (peso-leve).

O evento também contará com um desafio internacional de kickboxing, em que os brasileiros Arlison Tenchihan e Rodrigo Tebar enfrentam, respectivamente, os argentinos Ariel Araneda e Lautaro Perez. O card também contará com duelos entre atletas da região jaguaribana, como Paulo Doido (Russas) x Marlon Brandon (Morada Nova) e Jardel Silva (Jaguaruana) x Valtemberg (Limoeiro). Nomes como Jeovany de Oliveira e Lucas Aguiar também são presenças confirmadas. Ao todo, entre kickboxing e MMA, serão 14 lutas. A organização do evento está a cargo de Gean do Vale, presidente do Limo Fight Championship.

VEJA TAMBÉM: CYBORG “SALVA” O UFC 222

Os fãs de MMA vão ter que esperar mais um pouco para ver a superluta entre Cris Cyborg e Amanda Nunes. O duelo, que estava previsto para maio, terá que ser remarcado, porque Cyborg foi acionada para ‘salvar’ o UFC 222, dia 3 de março, em Las Vegas (EUA), depois que Max Holloway se lesionou e foi cortado do duelo contra Frankie Edgar, com quem faria a luta principal do evento. Agora, a edição será encabeçada pelo duelo entre Cris Cyborg e a russa Yana Kunitskaya, em que a brasileira fará a 2ª defesa do título dos pesos-penas feminino. Ao aceitar a luta com a russa, Cyborg deixou o recado: “Amanda, não se preocupe. Tem atletas na fila para lutar com você: Cat Zingano e Ketlen Vieira. A luta que você quer tanto continua de pé para julho”.

*Reprodução da coluna publicada no jornal O POVO publicada no dia 9 de fevereiro de 2018.

Recomendado para você