Clube da Luta

Coluna: cearense Pedro Rodrigues luta por contrato com a maior organização de muay thai das Américas

Pedro Rodrigues tem 24 anos e treina na equipe Black Thai. Foto: Bruno Ribeiro/BJJ Combat

Considerado um dos atletas mais promissores do muay thai cearense, Pedro Rodrigues está a um passo de assinar contrato com a Lion Fight, a mais prestigiada organização da modalidade nas Américas. Para isso, precisa vencer o paulista Jorge Batman, na disputa do título categoria 67 kg da seletiva Brasil do evento ? que ocorrerá no dia 9 de dezembro, no Portuários Stadium, em Santos. Pedro se credenciou para a disputa no último dia 10 de novembro após vencer a sua chave no torneio, vencendo duas lutas no mesmo dia, em torneio que reuniu alguns dos melhores nomes do País na categoria.

Essa será, sem dúvida, a luta mais dura e importante da carreira de Pedro. Isso porque o adversário é bem mais experiente e hoje mora na Tailândia ? a meca do muay thai ? e retornou ao Brasil apenas para lutar o GP. “Sou o único nordestino que lutará agora nesse evento do dia 9. É uma honra, porque conquistei minha vaga em um GP, junto com mais sete atletas selecionados de todo o País e me sagrei campeão da minha chave”, destacou, à coluna.

Natural de Fortaleza, Pedro Rodrigues começou cedo no esporte e se destaca nas artes marciais locais desde 2014, quando conquistou o cinturão de sua categoria no quarto campeonato MMA Amador Oficial, da Federação Cearense de Lutas Associadas (Fecela).

Hoje com 24 anos, Pedro Rodrigues se dedica sobretudo ao muay thai e treina sob a supervisão do mestre Anderson Dentão, líder da equipe Black Thai. Vale ficar de olho nele.

ACTION INTERNACIONAL

Jiu-jitsu: Open Internacional Action é atração neste fim de semana em Fortaleza

*Íntegra da coluna Bruno Balacó publicada no jornal O POVO em 23 de novembro de 2018

Recomendado para você