Clube da Luta

Brasil tem mais uma campeã no UFC: Jéssica Andrade, que conquistou o cinturão peso-palha feminino

A emoção de Jéssica-Bate-estaca ao ser coroada como campeã do peso-palha. Foto: UFC/Reprodução

O Brasil acaba de ganhar mais um título na maior organização de MMA do mundo. Neste sábado, 11, no Rio de Janeiro, a lutadora paranaense Jéssica Andrade, a Bate-estaca, conquistou o cinturão do peso-palha feminino (até 52kg) ao vencer a americana Rose Namajunas, em luta que levou o público na Arena da Barra, no Rio de Janeiro, ao delírio. Com a conquista, o País agora conta com duas campeãs no Ultimate: Amanda Nunes, dona dos cinturões dos pesos-penas e do peso-galo, e Jéssica Bate-estaca, liderando agora a categoria dos palhas.

Para sair do octógono campeã, Jéssica teve que ralar bastante e dar a volta por cima. Literalmente! Nos primeiros dois rounds, a brasileira passou sufoco, sofrendo duros golpes e precisando usar de muita habilidade para escapar de duas tentativas de finalização. No 3° round, com a adversária mais cansada, Jéssica venceu no seu melhor estilo: aplicando uma espécie de Bate-estaca, ao erguer a adversária e atirá-la no solo. No impacto da queda, Rose ficou desnorteada e, com uma sequência de socos, a brasileira confirmou a vitória por nocaute técnico.

PERFIL

Jéssica Andrade tem 27 anos e é natural de Guarapuava , no Paraná. Ela começou a lutar MMA em 2011, treinando na Paraná Vale Tudo, com o mestre Gilliard Paraná. Após 11 realizar e somar 9 vitórias, ingressou no UFC em 2013. Até hoje, fez 15 lutas na organização, com 11 vitórias e 4 derrotas. Em 2017, após uma primeira sequência de vitórias, disputou o cinturão do peso-palha contra a polonesa Joanna Jędrzejczyk. Acabou superada por pontos. Em seguida, emplacou três novas vitórias e se credenciou para disputar o cinturão contra a campeã da divisão, Rose Namajunas. Com um nocautaço, destronou a americana e iniciou seu reinado na organização neste 11 de maio de 2019.

Confira os resultados das lutas do UFC 237:
CARD PRINCIPAL

Jéssica Andrade venceu Rose Namajunas por nocaute aos 2m58s do 2º round;

Jared Cannonier venceu Anderson Silva por nocaute técnico aos 4m47s do 1º round;

Alex Volkanovski venceu José Aldo por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27);

Laureano Staropoli venceu Thiago Pitbull por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28);

Irene Aldana venceu Bethe Correia por finalização (chave de braço) aos 3m24s do 3º round.

CARD PRELIMINAR

Ryan Spann venceu Rogério Minotouro por nocaute aos 2m07s do 1º round;

Thiago Moisés venceu Kurt Holobaugh por decisão unânime (30-26, 30-26, 30-27);

Warlley Alves venceu Serginho Moraes por nocaute aos 4m13s do 3º round;

Clay Guida venceu BJ Penn por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-27);

Luana Carolina venceu Priscila Cachoeira por decisão unânime (30-26, 30-26, 29-27);

Raoni Barcelos venceu Carlos Huachin por nocaute técnico aos 4m49s do 2º round;

Viviane Araújo venceu Talita Bernardo por nocaute aos 48s do 3º round.

Recomendado para você