Corremah!

Maratona de Boston: De amador, este japonês só tem o adjetivo.

Fortaleza, 18/04/2018 – Enquanto estávamos de olho na 2ª edição da Corrida do Humor de Maranguape neste domingo (15), as atenções do mundo running estavam voltadas para a maratona das maratonas, a Maratona de Boston / EUA, que este ano chegou a sua 122ª edição.

Com um esquema de segurança impressionante e até imperceptível, a Maratona de Boston atraiu multidões para as ruas, e milhares de atletas de todo mundo que resolveram encarar este desafio global, que sempre reúne o melhores atletas do mundo.

No meio desta multidão, estavam um punhado de corredores de elite favoritos ao título, como o queniano Geoffrey Kirui, vencedor da prova em 2017. Mas este ano, a Maratona de Boston seria bem diferente, pois três fatores seriam determinantes no rendimento dos atletas na corrida: chuva forte, umidade relativa do ar, e sensação térmica.

No começo, o queniano Geoffrey Kirui esteve sempre na frente, mas aos poucos as energias do atleta foram sendo minadas pelas adversidades da prova. No final, o japonês Yuki Kawauchi foi implacável, e não perdeu a oportunidade de assumir a ponta até vencer, com o tempo de 2h 15min 54seg.

Yuki Kawauchi, está com 31 anos de idade, e trabalha em uma escola na pequena cidade japonesa de Saitama. Treina nas horas vagas, e segue planilhas que assustariam a maioria dos treinadores profissionais e entusiastas do esporte. Nos momentos de cansaço, prefere recorrer as águas termais de sua cidade e tratamentos de acupunturara.

Mas enganam-se aqueles que pensam que o japonês é um amador lunático e sem compromissos. Yuki Kawauchi, está no Guinners Book (livro dos recordes), como o homem que correu mais maratonas abaixo de 2h 20min (80 maratonas), e recentemente, ele também conquistou outro recorde mundial (participação em meias maratonas fantasiado de urso panda).

Além dessas façanhas, Yuki Kawauchi já venceu outras maratonas, sendo a mais expressiva de todas em 2011, quando o atleta cravou a impressionante marca de 2h 08min 37min na Maratona de Tóquio. Amador?

Após esta conquista, o japonês recebeu propostas para profissionalizar-se no esporte, mas preferiu a estabilidade do seu emprego no Japão.

Mas não vamos levar este caso como uma regra, existem exceções.

Se o japonês possui este potencial aos 31 anos de idade, ele é abençoado por Deus. Apesar dos nossos esforços, sabemos que não são todas as pessoas que terão resultados tão expressivos como esses. Devemos ter bom senso e responsabilidade com os nossos treinamentos, cada caso é um caso.

Site oficial da Maratona de Boston: http://www.baa.org

Acompanhem as nossas publicações: www.portaldocorredor.com.br

.

Recomendado para você