Corremah!

Duas crianças, dois fenômenos, duas realidades bem diferentes!

141 2

Fortaleza, 18/02/2019 – Não faz muito tempo que fomos surpreendidos com as proezas do garoto indiano Budhia Singh, que começou a percorrer longas distâncias por acaso, após um castigo escolar. O garoto teve uma infância muito difícil e até foi vendido pela mãe. Em seguida, foi morar em uma escola (internato), e com apenas 4 anos de idade o seu professor achou que o garoto era indisciplinado, dando-lhe um castigo – correr ao redor do pátio da escola. Por algum motivo, o professor esqueceu o garoto e saiu para resolver algo, ao retornar 5 horas depois Budhia ainda estava correndo. Começava naquele momento a fantástica história do ultramaratonista infantil Budhia Singh, que assombrou o mundo com suas corridas e treinos de longa distância. Atualmente, o jovem Dudhia está com 17 anos, e o sonho de ser campeão olímpico na maratona em 2024, parece estar bem distante, pois com tantas mudanças bruscas e interferências políticas e sociais em sua vida, o jovem parece ter perdido o foco com o esporte. A história de Budhia pode ser vista no filme: Budhia Singh / Born To Run.

Bem diferente da história do garoto indiano, estamos começando a receber nos últimos dias notícias de um novo fenômeno mundial infantil, desta vez em distâncias curtas em pista: 100, 200, 400 metros.

Estamos falando do garoto norte-americano Rudolph Ingram, de apenas 7 anos de idade, que está surpreendendo o mundo com arrancadas de 100 metros que chegam a 13 segundos. Para alguns, o garoto já está sendo comparado como um futuro Bolt, e além do desempenho nas pistas, Rudolph também está sendo considerado um modelo fitness infantil, por causa do seu abdomem e porte físico. Além do atletismo, Rudolph também pratica futebol americano, e diversos vídeos estão disponíveis no youtube, com arrancadas, dribles e alguns touchdown´s.


Budhia Singh, (hoje com 17 anos), e Rudolph Igram, (atualmente com 7 anos).

A princípio, verificamos grandes diferenças entre o início de carreira de Budhia e Rudolph, como: estrutura e apoio familiar; equipamentos e locais adequados para treinos; apoio e esporte escolar; orientação técnica adequada, etc…

Por aqui, (Fortaleza / Ceará), também temos os nossos projetos e talentos infantis, e não são poucos: Força Falcão de Atletismo; Projeto Dias Macedo; Corrida de São Pivete; Escolinha Pique do Atletismo; Projeto NADAR; Os Voluntários e Semente das Pistas / Juazeiro do Norte / Ceará, etc…

Confiram imagens: Budhia Singh e Rudolph Ingram.

Acompanhem as nossas publicações:

Site: www.portaldocorredor.com.br

Instagram: portal_corredor

.

Recomendado para você