Cotidiano e Fé

Cardápio do Dia: Estrogonofe divino ou Pastel à la capeta?

27 1

Por Euriano Sales

Certo dia, já eram quase oito horas da noite e ainda faltava um pouco mais de uma hora para chegar em casa, mas a fome já havia chegado em mim momentos antes. Parei e pensei: “Acho que vou comer um pastelzinho agora, e quando for mais tarde eu janto”. E assim fiz. Devorei dois pastéis bem ligeiro.

Ao chegar em casa, minha esposa pergunta o que quero jantar?! Me sentindo ainda farto com os adoráveis pastéis, dispensei a janta e fui dormir. Resultado: De madrugada a fome voltou, e com mais força, mas ai já era tarde demais.

Pensando nessa cena, vi o quanto nós somos tentados a trocar o Estrogonofe Divino pelo Pastel à la Capeta. Não sabemos esperar, queremos sempre o já, o agora, e no fim das contas, ainda damos glória a Deus pelo pastel comido. 

Testemunhamos cheios de fé pelo presente recebido de Deus, mas basta passar algumas horas, que o pastel não serve mais. Na hora que a fome aperta novamente, vamos lá bater na porta do restaurante pedir o prato que havia sido preparado. Se o dono do restaurante não nos atender naquele exato momento, brigamos com Ele, queremos saber o porquê disso e daquilo, afinal, somos consumidores do evangelho e precisamos – amparados em um código de defesa do consumidor cristão – ser ressarcidos pelo dano causado.

Pena que não percebemos que mesmo quando perdemos o jantar, teremos um café da manhã completo no outro dia. Basta esperar e não se sentir atraído pelo simples pãozinho carioca com café e leite.