Discografia

É do Balacobaco

BalacobacoA titia do rock nacional, Rita Lee, ou Santa Rita de Sampa, como preferir, acaba de relançar pela gravadora Biscoito Fino seu último trabalho de estúdio: Balacobaco, de 2003. O repertório não mudou e inclui o hit Amor e Sexo e outras canções que mereciam ser hits como Gripe do Amor e Hino dos Malucos. O disco traz ainda uma composição dos Tribalistas e uma versão doce de Over the rainbow, clássico americano pinçado do filme O Mágico de Oz.

Faixa a faixa:

1. Amor e sexo – hit certeiro com grande sucesso nas rádios

2. A fulana – Continuação da história que começou em “Namoradinha de um amigo meu”.

3. As mina de Sampa – Rita faz um raio-x das suas conterrâneas

4. Copacabana Boy – homenagem ao maridão Roberto de Carvalho

5. Balacobaco – a rotina do trabalhador brasileiro sob análise de Madame Lee

6. Já te falei – composição, até então, inédita dos Tribalistas. Ganhou regravação de Ney Matogrosso em “Canto em qualquer canto”

7. Nave terra – releitura “ritaleeana” da oração Ave-Maria (!!)

8. Gripe do amor – dance music, produzida pelo Dj Memê, com cara de pista de dança

9. Tudo vira bosta  – composição de Moacyr Franco que caiu como uma luva nas mãos de Rita

10. Eu e mim – divagação lisérgica e existencialista sobre o ser e/ou o não ser

11. Over the rainbow – versão doce para o clássico harold Arlen e E. Y. Harburg

12. Hino dos malucos – Trilha sonora do filme “Os Normais”. Ninguém melhor que Rita para cantá-la.