Discografia

Coleção Sucessos em Dose Dupla vai de Beto Barbosa a Hermeto Paschoal

A baiana Vania Abreu comperece com os dois primeiros discos de carreira

A gravadora Warner coloca até o fim deste mês nas lojas a coleção Sucesso em Dose Dupla. O primeiro lote traz 21 artistas, cada um representado com a reprodução na íntegra de dois LPs. Essa enxurrada de coletâneas, como tudo no mundo, tem suas vantagens e desvantagens. A desvantagem é que, quase sempre, elas focam nos mesmos sucessos do mesmo artista. O rótulo “só as melhores”, de um modo geral, significa “só aquelas que tocaram no rádio”. Esta nova coleção da Warner, embora o modelo não seja novidade, traz como ponto positivo o leque bem aberto de nomes apresentados. Frejat, por exemplo, apesar de contar apenas três discos solos lançados, já vê de volta na coleção a estreia Amor pra recomeçar e o segundo Sobre nós 2 e o resto do mundo. Com resultados bem distantes, Fafá de Belém aparece com o fraco Coração Brasileiro e o elegante Piano e Voz. De tão eclética, Sucesso em Dose Dupla reedita Beijo Selvagem e Navegar, do rebolativo Beto Barbosa, e Cérebro Magnético e Montreux Jazz Ao Vivo, do bruxo Hermeto Pascoal. No entanto, os destaques da coleção ficam por conta de Vânia Abreu (As quatro estações e Pra mim) e Célia, cantoras que nunca aparecem neste tipo de trabalho.