Discografia

Luizianne quer Chico Buarque

Por Magela Lima (magela@opovo.com.br) e Marcos Sampaio (marcossampaio@opovo.com.br)

Ela sonha alto. E tem, na ponta da língua, motivos concretos para acreditar que vale à pena sonhar. “A primeira vez que falei em trazer o Roberto Carlos para comemorar o aniversário da Cidade foi motivo de risada. As pessoas diziam que era difícil, que ele não toparia, que tem agenda lotada. Mas deu certo”, comentou a prefeita Luizianne Lins, na última segunda-feira, durante a inauguração do Espaço O POVO de Cultura & Arte, acerca da possibilidade de o cantor e compositor carioca Chico Buarque ser a grande atração da festa pública do aniversário da Capital no próximo dia 13 de abril.

“Trazer o Chico para uma apresentação pública e gratuita em Fortaleza seria maravilhoso. Aliás, esse é o único sonho que eu ainda não realizei como prefeita”, argumentou. “É delicado, é uma negociação muito complexa, mas eu ainda não desisti. O fato de ele ter a possibilidade, de estar disponível na época, já é um caminho. Pretendo, num esforço de formiguinha, tentar chegar perto da produção e negociar. Seria um presente e tanto para Fortaleza. Tanto quanto foi o show do Rei”, completou Luizianne, lembrando a apresentação de 2008. Para a prefeita, ações como essas, são fundamentais para reposicionar a imagem da Cidade Brasil afora. “Uma coisa é receber a turnê de um artista, outra coisa é promover um show aberto. Fortaleza seria assunto em todo o País”, sustentou.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=fXX1R8vKJgs&feature=related[/youtube]

Apesar da vontade da Prefeita, as chances para uma apresentação gratuita de Chico em Fortaleza estão temporariamente fora de cogitação. Segundo Vinícius França, empresário do cantor, não existe possibilidade da turnê ser exibida num palco aberto ao público. “Esse show foi todo pensado para teatro. Não tem como apresentar de outra forma”, diz ele em tom taxativo. Quanto à possibilidade de Chico abrir uma exceção por se tratar de uma data comemorativa na capital cearense e mudar o formato da apresentação, ele mais uma vez confirma que não há chance. “Show aberto de forma nenhuma”.

A turnê do disco Chico, lançado em 2011, cinco anos após o mal falado Carioca, começou por Belo Horizonte (MG) no último 5 de novembro cercada de elogios. Alinhando mais de 30 canções, o compositor passeia por sucessos, músicas feitas para outros intérpretes e dedica um bloco especial para seu eu feminino. Com direção musical do fiel escudeiro Luis Cláudio Ramos, Chico, na estreia, até repaginou Cálice, misturando a letra apresentada em 1978 com versos censurados pela ditadura e versos escritos pelo rapper paulista Criolo. Antes de ser lançada em CD e DVD, a turnê ainda deve ser exibida nos cinemas das cidades que não puderem receber a apresentação ao vivo.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=ZRLayH21Gnk[/youtube]

Segundo a assessoria de comunicação do cantor, os shows de Fortaleza estão programados para o segundo semestre. Ainda sem data e local confirmado, a Canivello Comunicação também é firma quanto à impossibilidade de Chico se apresentar em Fortaleza dia 13 de abril. Segundo eles seria impossível o show acontecer antes de maio, por isso foram para o segundo semestre. No entanto, os esforços para que o compositor mude de ideia continuam em andamento e muita coisa ainda pode acontecer.