Discografia

Laura Marling canta suas tristezas em Once I was an eagle

81keg5cegol-_aa1500_1

A cantora britânica de Laura Marling tem apenas 23 anos, mas já guarda uma tonelada de melancolia e tristeza em sua alma. Boa parte desse peso é exorcizada em seus quatro discos, lançados nos últimos cinco anos. O mais novo dessa coleção é Once I was an eagle (EMI), reunião de 16 faixas compostas e tocadas por ela. Com produção de Ethan Johns (Ryan Adams, Kings of Leon), o disco traz ecos de Joan Baez e Joni Mitchell, e toques de música escocesa. Com 63 minutos, Once I was an eagle parece uma grande trilha sonora e remete a imagens de lagos, casais, folhagens amarelas e calmaria. Executada pelo violoncelista Ruth de Turberville, Interlude é a única composição não assinada por Laura. A faixa instrumental é de autoria de Ethan. Escolhida como faixa de trabalho, Master hunter tem algo de Led Zeppelin (em seus momentos de tranquilidade). Outro bom momento é Where can I go? (“tudo que eu vejo é estrada. Ninguém me leva pra casa. Pra onde eu posso ir?”)

Veja as faixas de Once I was an eagle:

1. Take the Night Off
2. I Was an Eagle
3. You Know
4. Breathe
5. Master Hunter
6. Little Love Caster
7. Devil’s Resting Place
8. Interlude
9. Undine
10. Where Can I Go?
11. Once
12. Pray for Me
13. When Were You Happy? – And How Long Has That Been
14. Love Be Brave
15. Little Bird
16. Saved These Words