Discografia

Hugh Laurie lança novo disco revolvendo as raízes do blues

15389991_0

Ator britânico consagrado na série Dr. House, Hugh Laurie lança um segundo onde vasculha as raízes do blues. Elegante e linear, Didn’t it rain (Warner) busca repetir o clima dos antigos mestres do gênero e em grande parte, consegue. Como cantor, Laurie mantém parte do cinismo do seu personagem mais famoso e esbanjo categoria. Além do microfone, ele ainda assume piano, teclado e violão. No repertório, compositores de épocas variadas, como Rudy Stevenson, Little Brother Montgomery ou Alan Price. E o melhor: todas as faixas vêm seguidas de um breve textinho explicativo, infelizmente, em inglês. No texto de apresentação de Didn’t it rain, Laurie ainda explica sua nova seleção musical: “músicas bonitas mexem com as pessoas por que são bonitas, não por que são produtos sociais. Se alguém ouve Pete Johnson e apenas escuta a migração de mão de obra barata por conta da exploração da madeira, bem… eles estão perdendo alguma coisa”. Didn’t it rain conta com a presença valiosa de dois convidados. A mexicana Gaby Moreno soa como se tivesse nascido há 100 anos em três faixas. Já o lendário Taj Mahal dá uma de Louis Armstrong em Vicksburg blues, sem se incomodar com a voz suja e envelhecida. Ímpar. Há ainda Jean McClain, que injeta drama na trágica Send me to the eletric chair. É verdade que todos os 52 minutos deste disco de Hugh Laurie têm uma dose forte de canastrice, típico dos mestres do blues. Talvez, então, seja por isso que o disco é tão bom.

Veja as faixas de Didn’t it rain:

1. The St. Louis Blues (Rudy Stevenson)
2. Junkers Blues (William Jack Dupree)
3. Kiss Of Fire (Lester Allen/ Robert Hill)
4. Vicksburg Blues (Little Brother Montgomery)
5. The Weed Smoker’s Dream (Joe McCoe)
6. Wild Honey (Robert Charles Guidry/ Malcolm John Rebennack)
7. Send Me To The ‘Lectric Chair (George Brooks)
8. Evenin’ (Harry A White/ Mitchell Parish)
9. Didn’t It Rain (Robert SH Martin)
10. Careless Love (Martin E. Koening/ Spencer Williams/ W. C Hardy)
11. One For My Baby (John H. Mercer/ Harold Arlen)
12. I Hate A Man Like You (Joseph Ferdinand Morton)
13. Changes (Alan Price)