Discografia

Vazio tropical reforça conexão de Wado e Marcelo Camelo

wado-vazio-tropical

Aclamado como um dos melhores entre os compositores brasileiros deste milênio, Wado nasceu artisticamente em 2001 misturando referências tropicalistas cheias de balanço e boas ideias. Com sua voz de tom peculiar, ele canta com uma dose de cinismo e bom humor. Como o romantismo mais doído nunca foi seu forte, Vazio tropical causa impacto em quem acompanha a carreira deste catarinense radicado em Alagoas.

A razão para a nova safra, mais melancólica e introspectiva, está no produtor do disco: ninguém menos que Marcelo Camelo. Disponibilizado para audição on line e download gratuito no primeiro semestre de 2013, Vazio Tropical chega agora à sua versão física, através do selo Oi Música.

Embora a produção seja dividida com Fred Ferreira, é inegável o peso da mão do Hermano ao longo das 11 faixas. Lamentoso, tristonho, reflexivo, Vazio Tropical traz todas as características que fizeram famoso o finado quarteto carioca. Até mesmo no título, que já remete a algo faltando em algum ponto da alma.

Neste sétimo disco solo (excetuando os dois do Fino Coletivo), Wado recebe alguns representantes da nova música brasileira. Marcelo Frota (Momo) compõe e participa em Flores do bem. Cícero divide Zelo, além de Quarto sem porta, que também conta com os vocais discretos de Mallu Magalhães. Por fim, o próprio Camelo comparece em quase todas as faixas tocando diversos instrumentos.