Discografia

Inspirada em Manoel de Barros, Andreia Mota estreia com Paisagem invisível

andreiamottapaisagemCantora e atriz carioca, Andreia Mota começou sua carreira artística pelo teatro, no elenco da peça Raul fora da lei. Mais uma vez unindo as duas vertentes artísticas, ela apresenta o disco de estreia Paisagem invisível. Atrelado a um espetáculo cênico, o disco agrega canções inéditas e regravações de gente como Milton Nascimento e Wilson Batista. O repertório teve como inspiração o universo poético do mato-grossense Manoel de Barros, embora a homenagem tenha ficado apenas nas entrelinhas.

Os arranjos de Paisagem invisível puxam para algo jazzístico, cheio de improvisos e longos solos instrumentais. Mesmo sendo uma boa cantora, a proposta sonora do disco acabou parecendo pretensiosa demais para a estreante. As belezas ficaram perdidas entre as ideias e a execução. Inútil paisagem, por exemplo, foi desconstruída a tal ponto que revela as inseguranças vocais da cantora. Feito nós, esquecida parceria de Milton Mascimento com a banda RPM (mas creditada apenas a Paulo Ricardo), valeu pelo resgate e até parece mais sedutora. Já o sambinha Boca de siri, de Wilson Batista e Germano Coelho, ficou tão bacana quanto várias outras gravações, mas está completamente deslocada no repertório.

O repertório autoral de Paisagem invisível tem sua beleza e o mérito de ser autoral, mas não chega a cativar. A melhor talvez seja Flor voadeira (Renato Frazão/ Marcelo Fedrá/ Lucas Dain), encerrada com um belo solo de flugelhorn de José Arimateia. No meio desse caminho há espaço para declamações que só dificultam o ouvinte de entrar no universo de Andreia Mota. Até o encarte ficou confuso, deixando Paisagem invisível quase impenetrável. Se funciona no palco eu não sei, mas o disco precisava de mais cuidado.

Veja as faixas de Paisagem invisível:
1. Guardanapos de papel (Leo Masliah/ V.: Carlos Sandroni)
2. Flor voadeira (Renato Frazão/ Marcelo Fedrá/ Lucas Dain)
3. Aquele riso (Nelson Freitas)
4. Canoa, canoa (Nelson Angelo/ Fernando Brant)
5. Inútil paisagem (Tom Jobim/ Aloysio de Oliveira)
6. Softly as in a morning sunrise (Sigmund Romberg/ Oscar Hammerstein II)
7. Todo dia eu sonho com uma mulher (Alessandro Gelio)
8. Dos seus olhos (Andreia Mota)
9. Paisagem invisível (Marcelo Fedrá/ Thiago Amud)
10. Feito nós (Milton Nascimento/ Paulo Ricardo)
11. Contumaz (Victor Ribeiro/ Marcelo Fedrá)
12. Boca de siri (Wilson Batista/ Germano Coelho)
13. Papoula brava (Thiago Amud)