Discografia

Paralamas chegam aos 30 anos com novo disco ao vivo

202_1_20140723142403Ponto alto do rock brasileiro revelado na década de 1980, os Paralamas do Sucesso resistiram ao tempo e às tempestades se mantendo unidos e afiados. Curiosamente, até os músicos de apoio – salvo raras exceções – se mantiveram ligados à banda, formada oficialmente por Herbert Vianna, Bi Ribeiro e João Barone. Sem muitos pontos baixos e com muita vontade de não se repetir, os Paralamas construíram uma história coesa, forte e indelével dentro da música brasileira.

Diante desses argumentos, chega a ser compreensível que eles lancem um novo disco ao vivo para comemorar 30 anos de carreira, que de fato foram completados no ano passado (o disco Cinema mudo, estreia da banda, é de 1983). Três anos depois do pálido Brasil afora ao vivo, o trio carioca apresenta Os Paralamas 30 anos, assim como o anterior, lançado com as bênçãos do canal a cabo Multishow.

Em 18 faixas do CD (28 no DVD), os Paralamas do Sucesso costuram seus 12 discos de estúdio. Como sempre, alguns ficam de fora, como o experimental e subestimado Severino (1994), enquanto outras faixas se repetem nos trabalhos ao vivo da banda – caso de Meu erro e Cuide bem do seu amor. Mas é interessante vê-los revisitando o comecinho da carreira em Patrulha noturna e Cinema mudo. E mais: juntar Vital e sua moto com Don’t stand so close to me, do The Police, é uma forma bacana de assumir a bem-vinda  influência do trio comandado pelo Sting, com quem os Paralamas foram tão comparados.

Veja as faixas de Multishow Ao Vivo – Paralamas 30 Anos (em negrito, as faixas do CD):
1. Vulcão dub
2. Alagados
3. Bora – Bora
4. Patrulha noturna/ Cinema mudo/ Ska
5. Selvagem
6. O calibre
7. Mensagem de amor
8. Cuide bem do seu amor
9. De perto
10. Busca vida
11. Me liga/ Como uma onda
12. Saber amar/ Romance ideal
13. Quase um segundo
14. Meu erro
15. Óculos
16. Lanterna dos afogados
17. Na pista/ Meu sonho
18. Ela disse adeus
19. Você
20. A novidade
21. Melô do marinheiro
22. Uma brasileira
23. O beco
24. Lourinha bombril (Parate y mira)
25. Aonde quer que eu vá
26. Caleidoscópio
27. Vital e sua moto/ Don’t stop so close to me/ Every breath you take
28. Que país é esse