Discografia

Samba e MPB animam o fim de semana de Fortaleza

monoshow02

Por Paulo Renato Abreu (paulorenatoabreu@opovo.com.br)

Apesar de ter os dois pés firmados no samba, o Monobloco abraça o reggae, o rock, a marchinha, o funk. Surgido em 2000 com a proposta de realizar oficinas para ensinar batucada para jovens, o bloco de carnaval carioca é hoje dono de um grande show que percorre todo o País. Amanhã, a barraca Santa Praia, na Praia do Futuro, recebe essa festa a partir das 21 horas. Além do bloco, se apresenta também o DJ Morr e a banda The Mob.
“O Monobloco foi se tornando querido em todo canto do Brasil. A gente acabou desenvolvendo uma música de rua tratada com sofisticação”, destaca o músico Pedro Luís, que divide os vocais com Renato Biguli e Pedro Quental. O grupo sobe ao palco em formato de show com 17 músicos que dão uma mostra do que os 120 integrantes realizam durante o Carnaval.

Para Pedro, cada retorno a Fortaleza representa o surgimento de um novo show. “O encontro ao vivo é sempre novo. Cada vez que a gente vai uma cidade, encontramos um sabor especial, com novos ingredientes”, assegura. O repertório vai das marchinhas tradicionais de João Roberto Kelly ao samba de Cartola e Clara Nunes, passando pelo forró de Luiz Gonzaga, até canções de Paralamas do Sucesso, O Rappa e Cidade Negra. A mistura está presente entre os instrumentos, que incluem um baixo e uma guitarra em meio aos tradicionais instrumentos de escola de samba: cavaco, repique, tamborim, chocalho, surdo e agogô.

“A gente procura não fazer uma xerox do que a musica é originalmente. Reinventamos os originais com elementos que se cruzam para dar um frescor”, pontua Pedro. Segundo o músico, os shows acabam aproximando um público mais jovem da velha guarda do samba e dos artistas mais tradicionais. “A gente quebrou preconceitos, fez a aproximação da juventude, acabou apresentando coisas para a moçada”, comemora.

Outras atrações
O DJ Morr abre e fecha a festa tocando repertório que inclui os estilos house, dutch e electro. Já o quinteto The Mob apresenta hits do rock mundial.

Show do Monobloco
Quando: amanhã, 7, a partir das 21 horas
Onde: Barraca Santa Praia (Av. Zezé Diogo, 3345 – Praia do Futuro)
Quanto: Pista: R$ 80 (inteira) Camarote : R$ 120 (inteira)
Telefone: 3879 592

Mais shows no fim de semana:

Verônica Ferriani 8
VERÔNICA FERRIANI.
Paulista de Ribeirão Preto, Verônica Ferriani traz a Fortaleza seu elogiado disco Porque a boca fala aquilo do que o coração tá cheio. Neste segundo trabalho, a artista de 37 anos reúne composições próprias com influências de rock, blues e MPB. Na turnê, Verônica é acompanhada pelos músicos Marcelo Cabral (baixo e direção musical), Guilherme Held (guitarra), Rodrigo Campos (guitarra) e Serginho Machado (bateria).
Quando: sexta e sábado, às 20 horas; domingo, 8, às 19 horas. Onde: Caixa Cultural (Av. Pessoa Anta, 287 – Praia de Iracema). Entrada: R$20 (inteira)/ R$10 (meia). Telefone: 3453 2770

IMG_0834

IVAN LINS.
Um dos principais representantes da geração de ouro da MPB, Ivan Lins é a atração sete fim de semana no aniversário de 61 anos do BNB Clube. O carioca aproveita a chance para comemorar seus 70 anos, completados em junho. O cantor e pianista apresenta sucessos acumulados em 45 anos de carreira, como Madalena, Vitoriosa, Velas içadas e muitos outros. A abertura fica com o guitarrista cearense Mimi Rocha.
Quando: sábado, 7, às 21 horas. Onde: BNB Clube (Av. Santos Dumont, 3646 – Aldeota). Entrada: mesas de R$400 a R$600 (quatro lugares). Telefone: 4006 7200

Ana Carolina, cantora durante show Divulgação

ANA CAROLINA.
Depois de um disco de pegada mais pop, o ao vivo #AC, Ana Carolina volta ao começo de sua história e inicia uma turnê de voz e violão. No show acústico, a mineira relembra seus principais sucessos, como Garganta, Mais que isso e Quem de nós dois. Além destas, ela interpreta canções dos seus ídolos, que incluem Chico Buarque, Caetano Veloso e Djavan. O show ainda conta com a participação do DJ Mikael Mutti.
Quando: hoje, às 21horas. Onde: Teatro RioMar (Rua Desembargador Lauro Nogueira, 1500 – Papicu). Entrada: de R$ 150 a R$250. Telefone: 4003 1212