Discografia

Sam Alves apresenta novo disco em Fortaleza

 

Foto divulgação Sam Alves_Marco Máximo-10302 (1)

 

O vencedor da edição de 2013 do reality show musical The Voice Brasil, Sam Alves, se apresenta amanhã, 12, no Teatro Via Sul. O cantor cearense volta à Capital com a turnê do seu novo álbum ID. O repertório do show trará composições em inglês e português, além de sucessos que ficaram consagrados na interpretação do cantor.Lançado em 2015 e composto por 11 faixas, ID traz um repertório mais autoral. Para Sam Alves, o disco é uma oportunidade de mostrar a identidade dele como cantor. “Sam Alves, meu primeiro disco pela Universal Music, foi um trabalho muito ligado ao The Voice Brasil, então só tive a oportunidade de colocar uma composição minha, que é Be With Me. Com ID eu pude realmente fazer um disco com a minha cara, e é muito satisfatório ter esse trabalho rodando o Brasil”, afirmou em entrevista ao O POVO. Produzido por Dalto Max, William Narine e Gino Martini, e com direção artística de Paul Ralphes, o novo álbum, além do repertório autoral, tem também novas parcerias como Paulo Mac, DBlack e Felipe Zero.

Nascido no Ceará e criado desde os quatro anos nos Estados Unidos, Sam afirma que a música brasileira não tem influência no seu trabalho. “Pela minha história de vida, levo muito em consideração as batidas e referências de arranjos musicais de artistas dos EUA”. Sobre o aspecto bilíngue do novo trabalho, ele diz que aproveitou o fato de dominar os dois idiomas. “Sempre estive rodeado pela música americana, mas não deixo de ser brasileiro por isso. Por que não usar as duas línguas que sei fluentemente pra me expressar?”, completou.

Acompanhado por LipeBade (guitarra e violão), Heitor Lima (bateira), VinyMelanio (baixo) e Vitor Cortez (teclados), o cantor apresentará, ainda, canções de sucesso do seu último disco como Você Merece Mais, além de releituras do universo pop. O show está previsto para as 20 horas e tem classificação livre.

[youtube]https://www.youtube.com/watch?v=OO_0EgqkA2g[/youtube]

Confira entrevista completa com Sam Alves:

DISCOGRAFIA – Como você avalia essa fase da sua carreira?
Sam Alves – Eu continuo divulgando meu novo disco ID pelo Brasil através de shows. Minha música, Esse Mistério, está tocando nas rádios e o clipe na TV. Pretendemos rodar mais o País e mostrar mais das minhas músicas ao vivo para os fãs! Mas ao mesmo tempo já estamos trabalhando em novas músicas para ter sempre novidades! Tem muito por vir nesse ano de 2016!

DISCOGRAFIA – ID é um disco que possui mais canções autorais, como você avalia esse novo momento como compositor?
Sam Alves – Eu componho desde os meus 13 anos. Já gravei um disco gospel aos 17 anos que incluía essas composições de quando eu era adolescente. Sam Alves, meu primeiro disco pela Universal Music, foi um trabalho muito ligado ao The Voice, então só tive a oportunidade de colocar uma composição minha, que é Be With Me. Com ID eu pude realmente fazer um disco com a minha cara, e é muito satisfatório para mim poder ter esse trabalho rodando o Brasil e fora!

DISCOGRAFIA – Você foi morou muito tempo fora do Brasil e tem uma forte influência americana na sua carreira. Qual a influencia da música brasileira no seu trabalho?
Sam Alves – Na verdade, pela minha história de vida, no meu trabalho eu não tenho tanta influência da música brasileira. Então eu levo muito em consideração as batidas e referências de arranjos musicais de artistas dos EUA e da Europa que levam mais a minha pegada. Não deixo de ser brasileiro por isso. Por que não usar as duas línguas que sei fluentemente pra me expressar?

DISCOGRAFIA – Em que medida o The Voice influenciou sua carreira? Você ficou consagrado no programa por cantar Hallelujah em português e inglês e emociona público, a plateia ainda pede a música em shows?
Sam Alves – O The voice é uma excelente vitrine. Estar na Globo toda semana por três meses, sendo visto por milhões de pessoas faz com que o público comece a virar fã, participe e consuma a nossa música. Então influenciou minha carreira dando crédito ao meu trabalho enquanto estava sendo testado num reality. A intenção de cantar Hallelujah do Leonard Cohen em português e em inglês foi exatamente para terminar a minha participação no programa com chave de ouro, uma música que tem um ar de agradecimento a Deus, e ao mesmo tempo ter inglês e português.A letra em português foi escrita especificamente para minha apresentação na final, e até hoje continuam pedindo para eu canta-la.

DISCOGRAFIA – E o que podemos comentar mais sobre ID? Qual o grande diferencial do disco?
Sam Alves – ID é um disco que lancei em abril desse ano. Já está em todas as plataformas de vendas digitais e streaming, e o disco físico a venda nas lojas. É um disco com sonoridade de pop, com batidas que você ouve no pop internacional. É um trabalho autoral que mostra a verdade do artista, e são músicas com conteúdo positivo e algumas românticas também. Sou um romântico, então naturalmente vou escrever sobre relacionamentos e amor. Tenho certeza que terá pelo menos uma música no disco em que as pessoas poderão se identificar.

DISCOGRAFIA – Qual a banda que te acompanha nos shows?
Sam Alves – Minha banda tem quatro integrantes: Lipe Bade no violão e guitarra, Heitor Lima na Bateria, Vitor Cortez nos teclados, e Vinny Melanio no Baixo. Eles estão comigo desde 2014 na minha primeira turne Sam Alves Tour.

DISCOGRAFIA – E qual a sua reação com o público cearense? Quais as expectativas para o show?
Sam Alves – São poucas as vezes que tenho a oportunidade para ir ao Ceará para fazer show. Gostaria de fazer muito mais, até porque minha família é do Ceará e o público me apoiou muito na minha participação e vitória no The Voice. Eu espero que o todos possam curtir meu trabalho e meu show. Não percam!

Serviço:
Show Sam Alves – Turnê ID
Quando: Sábado, 12, às 20 horas
Local: Teatro Via Sul (Avenida Washington Soares, 433)
Ingressos: R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia). Compras na bilheteria do Teatro e no site Ingresso Rápido
Informações: 3048 1290