Discografia

Cris Malagueta é finalista do Prêmio Profissionais da Música 2017

Foto: arquivo pessoal

A sambista cearense Cris Malagueta é uma das finalistas na categoria ARTISTA SAMBA DE RAIZ da edição deste ano do Prêmio Nacional Profissionais da Música. Concorrendo ao lado de nomes como o grupo Casuarina e Osvaldinho da Cuíca, a artista foi selecionada através de uma votação aberta ao público e agora segue para a grande final onde um júri especializado vai escolher os vencedores. A última fase da premiação ocorre nos dias 28, 29 e 30 de abril, em uma cerimônia realizada em Brasília.

“Me surpreendi de ter ficado entre os finalistas de um prêmio de renome nacional, de um prêmio como esse.  E na minha categoria tem grandes nomes do samba”, conta Cris Malagueta em entrevista ao DISCOGRAFIA.  A sambista concorre com o trabalho autoral no qual ela afirma estar investindo cada dia mais. A cantora e compositora está em processo de gravação do seu primeiro CD. No início do ano, Cris divulgou o clipe da canção Camaleão.  A faixa é a sexta do aguardado trabalho e tem a participação especial do bloco Camaleões do Vila.

O Prêmio Profissionais da Música chega à sua terceira edição e bateu recorde de inscritos este ano. Ao todo,  foram 1309 inscritos nas 53 categorias concorrentes subdivididas nas modalidades Criação, Produção e Convergência. Idealizado por Gustavo Ribeiro de Vasconcellos, a premiação aconteceu pela primeira vez em 2105. Neste ano, nomes como Hamilton de Holanda e Clarice Falcão, além de vários outros artistas nacionais, participam em categorias diversas. Além da valorização da música, o evento também conta com workshops, talkshows, mostra de documentários musicais, rodada de negócios e exposição fotográfica para apreciação do público.

Para Cris Malagueta só o fato de ter passado pela aprovação do público já é uma vitória. “Eu estou super feliz, finalmente estou vendo meu trabalho começando a ser reconhecido. Imagina, a terra do forró tendo uma finalista de samba”, comenta a cantora animada. “O apoio que tive das pessoas que acompanham meu trabalho foi maravilhoso. Todo mundo apostando comigo. É uma sensação incrível”. Este não é o primeiro prêmio nacional que Cris concorre. Em 2016, ela participou de um concurso de música sobre a Lei Maria da Penha e também chegou às finais.
“Saber que estou na final de um prêmio onde pessoas como Hamilton de Holanda, Clarice Falcão também estão concorrendo em suas devidas categorias, é surreal. Só de ter chegado até aqui já valeu. Estou concorrendo com uma galera de peso do samba, esse já é o maior prêmio”, finaliza Cris. 

Recomendado para você