Discografia

Fernando Anitelli apresenta O Teatro Mágico Voz e Violão

Foto: Divulgação

A primeira vez que fui a um show do Teatro Mágico fiquei encantada e não foi só pela música. O universo das artes cênicas sempre me atraiu e a trupe em cima do palco conseguia juntar a música, o circo e a poesia de maneira magistral. Na fila, antes mesmo de entrar, você percebia que se tratava de algo diferente. Especial. O ingresso já dizia que a Sociedade do Espetáculo, terceiro disco da banda, tinha entrada para “raros”.

São quase 15 anos de estrada e muita história para contar. O Teatro Mágico sempre mostrou que tem passe livre para experimentar em cima do palco e que nunca teve medo disso. Em dezembro de 2016, a trupe anunciou uma pausa por tempo indeterminado. O cansaço físico exigido em cada apresentação foi o fator determinante. Porém, no início deste ano os fãs foram surpreendidos pelo anúncio de uma nova turnê e o Teatro Mágico volta aos palcos de uma maneira nunca vista antes. Fernando Anitelli, a voz e alma da banda, chega a Fortaleza com  O Teatro Mágico – Voz e Violão, neste domingo, 2, para apresentação no Teatro RioMar. 

Confesso que no primeiro momento a ideia não me soou nada agradável. Para mim, O Teatro Mágico é muito visual. Quando as cortinas se abriram em A Sociedade do Espetáculo, show que assisti em 2013, não foi só um grupo de músicos que subiu ao palco. Foi um novo mundo. Por isso, ao conversar com Fernando Anitelli, a minha primeira pergunta foi o que devemos esperar desse novo formato.

“O público pode esperar um encontro muito íntimo. As atenções estarão na voz, violão, no próprio público e no silêncio. É uma conversa. Uma troca. Esse formato permite as pessoas de falarem poesia, de participar. Não somos uma banda. Somos uma companhia artística. E não temos fãs. Todos fazem parte da trupe”, afirma Fernando por Whatssapp ao DISCOGRAFIA.

Serão cerca de 90 minutos de show e o setlist não foi divulgado. “Qual seria a graça? Iria estragar a surpresa”, comenta Fernando. O cantor afirma que todos os álbuns, ou melhor todos os atos, do Teatro Mágico vão estar presente. Desde do primeiro disco Entrada para raros até Allehop, o último trabalho do grupo.  “Cada disco do Teatro Mágico é pensando como uma peça. Cada trabalho é único. E cada um tem sua importância”, completa. 

O fato é que O Teatro Mágico desperta um sentimento diferente em quem conhece e acompanha o grupo de perto. É uma sensação de pertencimento. De ester junto. É para “raros”. E os fãs parecem ter ficado satisfeitos com a ideia do novo formato. Foram confirmados 13 shows nos estados Rio Grande do Norte, Ceará, Sergipe, Alagoas, Minas Gerais, São Paulo, Pará, Paraná e Amazonas, que acontecerão até maio. A estreia ocorre na noite de hoje, 31, em Natal. Agora, é torce para que a “trupe” faça um grande espetáculo com uma só voz.

Escute a entrevista completa com Fernando Anitelli

1. O que o público de Fortaleza deve esperar de um show apenas com voz e violão? E porque esse formato?

2. Qual será o repertório para o show? Vai ter o que desses quase 15 anos de Teatro Mágico?

3. Como está sendo a recepção do público com a turnê?

4. No último ano vocês lançaram Allehop, na minha opinião, um dos álbuns mais maduros de vocês. Como você avalia o trabalho?

5. Você vem desenvolvendo um trabalho diferente com o Teatro Mágico há alguns anos. Como você avalia juntar a música, o teatro, a poesia e o circo em cima do palco? E como era quando você começou e como é hoje?

6. Como é a sua relação com os fãs?

7. O que te inspira a montar os shows? Como você chega no formato final? Como foi com esse show especificamente?

8. Algum recado para a galera de Fortaleza??

Serviço

Fernando Anitelli – O Teatro Mágico Voz e Violão
Quando: Domingo, 2, a partir das 20h
Onde: Teatro RioMar Fortaleza (Rua Lauro Nogueira, 1500. Piso L3 – Papicu)
Quanto: R$ 80 (Plateia Alta), R$ 100 (Plateia Baixa B) e R$ 120 (Plateia Baixa A)