Editora Dummar

Prêmio Oceanos divulga semifinalistas de 2018

A lista com os 60 semifinalistas contém 36 autores brasileiros, dentre eles, João Anzarello Carrascoza que concorre com duas obras

O Prêmio Oceanos e o Itaú Cultural divulgaram a lista dos semifinalistas da sua edição de 2018. Além das 60 obras que se classificaram para a fase intermediária, o prêmio também divulgou os nove jurados que definirão os 10 finalistas.

Depois de ter iniciado no último ano o seu processo de ampliação a fim de promover o intercâmbio editorial e difundir autores de diferentes nacionalidades para além das fronteiras de seus países de origem, o prêmio teve 1.364 livros inscritos de 346 editoras diferentes. Agora, na fase intermediária, 34 diferentes editoras publicaram os 60 semifinalistas que contém 18 editoras do Brasil com 33 autores; 11 de Portugal, com 16 autores; duas de Moçambique, com quatro autores, e uma editora de Cabo Verde com um autor. E pela primeira vez no prêmio haverá três semifinalistas nascidos em países em que o português não é língua oficial ou de expressão, mas que o adotam como idioma literário: a escritora romena Golgona Anghel, o espanhol Alfonso Pexegueiro, ambos publicados em Portugal, e a suíça Prisca Agustoni, publicada no Brasil.

Dentre os autores brasileiros que aparecem na lista estão nomes como Manoel Herzog (A jaca do cemitério é mais doce / Alfaguara), Milton Hatoum (A noite da espera / Companhia das Letras), Noemi Jaffe (Não está mais aqui quem falou / Companhia das Letras), Nuno Ramos (Adeus, cavalo / Iluminuras), Sérgio Sant’Anna (Anjo noturno / Companhia das Letras), Ricardo Aleixo (Antiboi / Crisálida), Patrícia Melo (Gog Magog / Rocco), João Almino (Entre facas, algodão / Record), Joca Reiners Terron (Noite dentro da Noite / Companhia das Letras) e João Anzarello Carrascoza, que concorre com duas obras (Catálogo de perdas / Sesi-SP e Menina escrevendo com pai / Alfaguara), assim como o moçambicano Luis Carlos Patraquim.

O regulamento prevê uma lista de 50 semifinalistas, a partir das notas atribuídas por 73 jurados, sendo que cada livro, nessa fase inicial, é lido por três diferentes jurados. Porém, empates técnicos nas últimas colocações, por diferenças de centésimos de pontos, determinaram a inclusão de 10 livros, totalizando 60 títulos: 31 romances, sete contos e 22 livros de poesia. Todos eles concorrem entre si, já que o Oceanos 2018 premia as quatro melhores obras de 2017 sem distinção de gênero literário.

Os finalistas serão divulgados no fim de outubro.

*Este texto foi originalmente publicado no site PublishNews.

Recomendado para você