Educação

Criança que ronca e sofre apneia rende menos na escola

Uma pesquisa avaliou 81 crianças de seis a doze anos que respiram pela boca em três grupos e concluiu que as crianças que roncam ou que sofrem apneia do sono – interrupções da respiração – apresentam menor rendimento escolar e alterações na memória e atenção.

Os dados foram apontados no estudo do Ambulatório de Otorrinolaringologia Pediátrica da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), apresentado no Congresso Mundial de Otorrinolaringologia Pediátrica.

apneia2Estima-se que de 15% a 28% das crianças com até dez anos respirem pela boca e ronquem, e que de 1% a 3% delas também tenham apneia.

As três principais causas de ronco e apneia em crianças são rinite alérgica, crescimento da adenoide (carne esponjosa na parte de trás do nariz) e aumento das amígdalas.

O otorrinolaringologista Michel Cahali, professor colaborador da Universidade de São Paulo, diz que o ronco infantil é facilmente tratado e pelo menos 90% dos casos são resolvidos.

Fonte:Folha de São Paulo (SP)

Recomendado para você