Educação

Mostra O POVO na Educação em Horizonte – parte 1

559 2

Horizonte esteve em festa nos últimos dias. E não faltavam motivos. Tinha escola comemorando a Semana da Consciência Negra e celebrando a feira de ciências e artes. Também fez parte da programação festiva as mostras O POVO na Educação


Nossa primeira parada foi na Escola Municipal de Ensino Fundamental Maria Luiza Barbosa. A criançada lotou o pátio da escola para conferir as apresentações culturais. As meninas do grupo de dança deram um show de coreografia:

SDC11835

Na sala do jornal, vejam só quem nós encontramos. Um “rapaz” que se tornou assinante do Jornal O POVO. “Ele está lendo o caderno Populares, procurando informações sobre um curso de informática”, explicou-nos o simpático André Almeida, 13, aluno do 8ª ano:

SDC11842

Alguém aí sabe fazer papel reciclado a partir de jornal velho? Pois as crianças do 3º ano da Escola Maria Luiza Barbosa explicaram direitinho. Passo a passo. “Dá para fazer flor, caixinhas, pessoas e bolos”, comentou uma das alunas:

SDC11844

Apesarde jovem, a escola Maria Luiza Barbosa – fundada há 15 anos – já trilha uma carreira vitoriosa no esporte. A sala de troféus e medalhas já está bem recheada. Tem até atleta de destaque estadual. Uma das alunas da escola é bicampeã cearense de atletismo, nas categorias mirim (13 a 14 anos) e pré-mirim (10 e 12 anos). Uma das grandes promessas da escola é a jovem Cheinanda Marília, de 14 anos. Ela, que é aluna do 8º ano, foi a única representante do município de Horizonte na última edição das Olimpíadas Escolares Brasileiras para atletas de 12 a 14 anos, realizada em Poços de Caldas-MG. Cheinanda competiu no salto com vara, modalidade do atletismo, ficou entre os 10 melhores nos Jogos:

SDC11850

A pergunta não é das melhores a serem feitas, mas gera curiosidade. Você quer saber até que idade vai viver? A resposta pode ser obtida através do jogo Passagem da Vida. A pequena Maiara, de 8 anos, da turma do 3º ano, se vestiu a caráter para profetizar. “A gente passa vela sobre um papel ofício de cor branca. Depois, passa nesse papel cinzas que vão revelar um número, que mostra até que idade a pessoa vai viver”, explica Maiara.

SDC11858

Violência contra a mulher. Esse era o tema da mostra organizada pelos alunos da 7º ano D. As meninas da Tuma mostraram os motivos que levam os homens a baterem nas mulheres, falaram sobre ciúme e deram um na explicação sobre a Lei Maria da Penha. Com direito até um vídeo com imagens de todas as formas de agressões sofridas pelas mulheres.

SDC11862

Até vestido pode se fazer com jornal! Foi o demonstrou a jovem Katthyleen, do 7º ano. “Na mesa, vocês podem ver flores, casas e circus. Tudo feito a partir do jornal”, comentava a estudante. E mais. Cada objeto com sua tradução em inglês. (ex: flor – flower / casa – house). Ou seja, a experiência do jornal na sala de aula ajudando a garotada a aprender idiomas.

SDC11867

Mas as festividades no colégio também incluem o lado ambiental. Uma das salas estava arrumada apenas para mostrar a importância das plantas para o meio ambiente. A Veronice, da Secretaria de Agricultura do Município, apresentou para a gente cada espécie de planta. Destaque para as ervas medicinais.

SDC11870

Aqui vão os nossos agradecimentos ao jovem Gabriel, aluno do 7º ano da Escola Maria Luiza Barbosa. Ele nos acompanhou durante toda a visita à escola, comentando o tema da mostra em cada sala. Interessante que Gabriel, de apenas 12 anos, já sabe o que ser quando crescer: jornalista! (assim como eu).

SDC11872