Educação

2010 será decisivo para o Enem

Esse ano será mais uma prova para que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) se transforme ou não em vestibular unificado para ingresso nas universidades federais, principal objetivo do governo federal ao lançar o novo formato do exame, em maio de 2009.

Mesmo com toda a confusão gerada desde a implantação do novo processo até o adiamento da prova devido ao vazamento das questões, 48 das 55 universidades federais brasileiras aprovam o uso do Enem, mas nem todas usaram a nota do exame, segundo dados da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições de Ensino Superior (Andifes).

Para o vice-presidente do Sindicato das Escolas Particulares do Paraná (Sinepe-PR), Jair Venturi, as falhas na organização do Enem no ano passado comprometeram sua credibilidade. Ele espera que os problemas enfrentados em 2009 sejam consertados, pois se isso não ocorrer, as universidades devem abandonar o Enem.

Fonte: Gazeta do Povo (RS)

enem

Diante de todos os problemas em 2009 com o Enem, é normal que a credibilidade seja afetada. No entento, temos que refletir sobre o objetivo da prova e sobre a qualidade das questões. Pensar é melhor que decorar. Várias questões do Enem são provas práticas, usuais no dia a dia. Finalmente teoria e prática parecem andar juntas e com objetivos claros: acabar com a educação bancária, chata, sem valor para a vida.

Que em 2010 o Enem possa se consolidar, recuperar a credibilidade e tornar-se um exame único para o ingresso nas universidades.

Recomendado para você