Educação

País deverá manter políticas que deram certo

educacao_no_brasilEm maio, educadores e autoridades devem se reunir em Brasília para definir o Plano Nacional de Educação – o documento vai renovar as diretrizes da política pública de educação para os próximos dez anos.

O presidente-executivo do Todos pela Educação, Mozart Neves Ramos, espera que o Plano dê prioridade a grandes metas, como a universalização do ensino médio e a melhor formação no fundamental. Ele explica que já foram colocadas quase 100% das crianças na escola. A meta agora é perseguir um aprendizado efetivo.

No ensino médio, o desafio da universalização é de corrigir a distorção idade-série, pois mais de 80% dos jovens de 15 a 17 anos estão matriculados e apenas metade deles, 48%, está na idade correta. A outra metade está no ensino fundamental.

Fonte: [Valor Econômico (SP)

Recomendado para você