Educação

Leitura na pré-escola

Estava pesquisando na net sobre leitura e, encontrei uma reportagem maravilhosa da Revista Nova Escola sobre leitura na pré-escola! Compartilho com vocês o texto! Educador, se você tiver alguma experiência em sala de aula ou fora dela, com o tema da leitura, conte-nos sua história! Teremos o maior prazer em divulgá-la. Boa leitura.

As primeiras leituras na pré-escola

É dever de todo professor, desde a Educação Infantil, incentivar o desenvolvimento de comportamentos leitores antes mesmo de a turma aprender formalmente a ler.

Comentar ou recomendar algum texto, compartilhar a leitura de um livro, confrontar ideias e opiniões sobre notícias e artigos com outras pessoas – tudo isso ajuda a estabelecer gostos, reconhecer finalidades dos materiais escritos, identificar-se com o autor ou distanciar-se dele, assumindo uma posição crítica.

No mundo todo, crianças que vivem em ambientes alfabetizadores (ou seja, aqueles em que as pessoas fazem uso regular do ato de ler e escrever) têm a oportunidade de construir esse conhecimento naturalmente ao imitar as ações dos parentes e amigos. Já os que não vivem cercados de “letras” precisam (e muito) da ajuda da escola.

O fato é que essa ainda não é a realidade do nosso país. Os números do Censo Escolar 2005, feito pelo Ministério da Educação, revelam que apenas 19,4% dos colégios públicos do Ensino Fundamental têm biblioteca: só 27 815, de um total de 143 631 unidades.

trono-leituraDaí a importância de iniciar esse trabalho ainda na Educação Infantil. Além de aproximar as crianças do mundo letrado, a leitura alimenta o imaginário e incorpora essa experiência à brincadeira, ao desenho e às histórias que todos os pequenos gostam de contar.

Não é raro ver bebês manuseando livros, apreciando as ilustrações e até virando as páginas, como se estivessem realizando uma leitura silenciosa. Isso é mais uma prova de que é possível formar comportamentos leitores desde muito cedo.

Para os menores de 3 anos, é fundamental escolher atentamente as obras por causa das imagens: elas precisam ser grandes, claras e atraentes, pois estimulam a participação. “Ler para as crianças é igualmente importante para elas se familiarizarem com o hábito da escuta. Os temas, é óbvio, devem estar de acordo com os interesses mais genuínos da idade, como afazeres cotidianos, bichos etc.”, afirma Ana Lúcia Bresciane, formadora do Instituto Avisa Lá.

A psicopedagoga e especialista em educação especial Daniela Alonso explica que, assim como os deficientes físicos precisam de rampas para se locomover, os deficientes auditivos e mentais também precisam de ferramentas para participar de atividades de leitura. “Não podemos deixar que essa criança só participe da aula. Se ela é surda, trabalhe com livros cheios de figuras. Se ela tem uma deficiência mental e não consegue se concentrar, dê um exemplar para ela acompanhar a tarefa”, diz Daniela.

Fonte: Maria Fernanda Ziegler (novaescola@atleitor.com.br)

Para saber mais sobre o assunto: http://revistaescola.abril.com.br/educacao-infantil/4-a-6-anos/primeiras-leituras-pre-escola-escrita-educacao-infantil-livros-541701.shtml

Recomendado para você