Educação

O Brasil contra o crack

O Brasil pretende investir pesado no combate ao crack. Na abertura da 12ª Semana Nacional Sobre Drogas, realizada em Brasília (DF), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu a integração de ações do governo para tentar resolver o problema.

A ideia é atrair os jovens que cumprem medidas socioeducativas, as maiores vítimas da droga, e alertar a sociedade por meio de parcerias com estes jovens.

Os juizados especiais criminais também estão na mira do governo. De acordo com a secretária nacional de Políticas sobre Drogas, Paulina Duarte, o governo vai apoiar o Judiciário no cumprimento de medidas socioeducativas previstas na Lei de Drogas e no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

O apoio se dará com cursos de capacitação para os profissionais que trabalham na área, e serão realizados em parceria com a Universidade de São Paulo (USP). Também serão realizados seminários regionais.

 A sociedade precisa entender que esse é um malefício que atinge a todos, sem exceção e, que precisa ser combatido o mais rápido possível.

Além das medidas preventivas específicas para o caso, é preciso pensar a médio e a longo prazo também. Garantir emprego e educação de qualidade, bem estar social, seguridade e saúde.

E envolver toda a família e a escola. Assim estaremos todos no mesmo caminho para garantir todos os direitos das crianças e adolescentes atingidos por esse mal.

 

Recomendado para você