Educação

Estudo mostra que a maioria dos pontos de venda de tabaco fica perto de instituições de ensino

430 1

Pesquisa realizada pelo Datafolha revelou que, na cidade de São Paulo (SP), 70% dos pontos de venda de derivados do tabaco ficam de um a três quarteirões de distância de alguma escola.

O estudo, encomendado pela Aliança de Controle do Tabagismo – ONG ligada à Organização Mundial da Saúde (OMS) – revela que quanto mais perto das escolas, mais forte é a exposição e a publicidade do cigarro.

A propaganda é visível aos jovens em 66% dos lugares visitados. No Centro de Referência de Álcool, Tabaco e Outras Drogas (Cratod) de São Paulo, 90% dos fumantes em terapia começaram o vício na adolescência.

Para o médico Dráuzio Varella, a indústria do cigarro visa viciar meninos e meninas para torná-los dependentes da nicotina e consumidores de seus produtos.

Fonte: Folha de S. Paulo (SP), Vinícius Queiroz Galvão