Educação

Estratégia global espera evitar a morte de 16 milhões de pessoas

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, anunciou ontem a criação de um fundo de 40 bilhões de dólares para melhorar a saúde das mulheres e das crianças, o que permitirá salvar milhões de vidas no mundo.

Governos, filantropos e grupos privados se comprometeram a contribuir para o fundo ao fim da reunião de cúpula da ONU dedicada à luta contra a pobreza. A redução da mortalidade durante a gravidez e o parto, assim como das crianças com menos de 5 anos são as duas metas dos Objetivos do Milênio para o Desenvolvimento, que avançam mais lentamente.

Com a iniciativa, 120 milhões de meninos e meninas de diversos países do mundo estarão protegidos contra doenças graves, como a pneumonia. O secretário-geral considera que esse plano estratégico global pode salvar 16 milhões de vidas até 2015.

Fonte: Hoje em Dia – Online (MG)