Educação

Crianças desafiam bloqueio de sites

463 1

Estudo feito pela empresa de segurança Kaspersky entre os usuários de seus programas mostra que, a cada minuto, três mil crianças tentam acessar sites bloqueados pelos pais em todo o mundo – em sua maioria, endereços de conteúdo pornográfico.

A empresa mapeou os horários em que a curiosidade parece aguçada: no mundo, o final da noite e o início da madrugada são os picos de tentativas de acesso a sites bloqueados e, na América Latina, o ponto alto das tentativas é o final da tarde.

Pesquisa realizada pela McAfee no final de 2010 também aponta comportamento perigoso por parte dos adolescentes brasileiros – entre 13 e 17 anos.

Entre as principais atividades dos jovens na internet está o compartilhamento de informações pessoais com desconhecidos com quem conversam em salas de bate-papo.

Fonte: Folha de S. Paulo (SP)