Educação

Defensoria quer que livro polêmico seja recolhido

24 2

A Defensoria Pública da União no Distrito Federal entrou com ação na Justiça Federal para que sejam recolhidos das escolas públicas os cerca de 485 mil exemplares do livro Por uma Vida Melhor.

A obra defende que o uso oral da língua popular – ainda que com seus erros gramaticais – é válido em algumas ocasiões informais.

Para o defensor público federal Ricardo Salviano, questões de sociolinguística não devem ser discutidas na sala de aula. “Escola é lugar de ensinar a norma culta. Se você diz que falar errado é aceitável, está prestando um desserviço à sociedade. Quem define as políticas públicas educacionais é o Ministério da Educação (MEC), que tem responsabilidades sobre qualquer material encaminhado às escolas e financiado com verba federal”, argumenta.

Fonte: O Estado de S. Paulo (SP)