Educação

Tribunal de Contas da União identificou o mau uso de cerca de R$ 35 milhões

Cerca de 64 municípios brasileiros “tropeçaram” no uso de verbas federais para a merenda escolar e foram reprovados na prova de prestação de contas.

De janeiro de 2008 a junho deste ano, o Tribunal de Contas da União (TCU) identificou o mau uso de cerca de R$ 35 milhões em recursos repassados pela União.

A quantia deveria ter sido empregada na compra de alimentos para escolas públicas municipais, mas “se perderam no caminho”.

As inspeções também encontraram merenda de má qualidade, que nos contratos constavam como de primeira, e lotes entregues com quantidades inferiores às indicadas nos processos de licitação.

Os estados do Nordeste somam o maior número de municípios envolvidos em fraudes com a merenda escolar, entretanto, o TCU e o Ministério da Educação também identificaram irregularidades em outros estados.

Fonte: Gazeta de Alagoas (AL)