Educação

Infecções aumentam o risco de intolerância ao glúten

Algumas crianças, ainda nos primeiros meses de vida, sofrem com episódios frequentes de infecção. São gripes, otites, irritações no intestino que podem culminar em um problema raro ainda pouco considerado nos diagnósticos médicos: a doença celíaca.

Caracterizada pela intolerância permanente ao glúten, ela atinge cerca de 1% da população mundial e seus sintomas clássicos – como diarreia, desnutrição, vômitos, falta de apetite e mesmo prisão de ventre – são facilmente confundidos com outros distúrbios.

Impressionados com o surto da doença na Suécia, pesquisadores da Universidade de Umeå realizaram um estudo com 954 crianças e constataram que mais de três infecções, independentemente do tipo, durante os seis primeiros meses de vida de um bebê, podem dobrar o risco de desenvolvimento da doença celíaca.

Fonte: Correio Braziliense