Educação

Nações Unidas lançam campanha contra tráfico de pessoas

O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) lançaram, no Brasil, a campanha“Coração Azul”. O objetivo da iniciativa é mobilizar a sociedade contra o tráfico humano, que, segundo o UNODC atinge mais de dois milhões de pessoas em todo o mundo. Relatórios do escritório mostram que 58% das vítimas são submetidas à exploração sexual e 36%, ao trabalho escravo.

untitled

A campanha foi implementada em outros 10 países. No Brasil, o slogan será “Liberdade não se compra. Dignidade não se vende. Denuncie o tráfico de pessoas”. Para divulgar a campanha, foi criado o hotsite www.coracaoazul.com.br.

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) estima que haja 20 milhões de vítimas de trabalho forçado. Segundo o Relatório Global sobre Tráfico de Pessoas de 2012, 27% das vítimas entre 2007 e 2010 eram crianças. No Brasil, entre 2005 e 2011, dois terços de inquéritos sobre tráfico de pessoas instaurados pela Polícia Federal (344 de 514) se referiam a trabalho escravo. Outros 157 eram por tráfico internacional.

Fonte: O Globo