Educação

41% dos estudantes do País têm o costume de trocar comidas saudáveis por uma alimentação repleta de doces

518 1

Enquanto o avanço da obesidade infantil preocupa especialistas, a pesquisa Pense, elaborada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostra que adolescentes de 13 a 15 anos, do 9º ano do Ensino Fundamental, não se alimentam bem. O estudo aponta que 41% dos estudantes consomem doces, balas e chocolates pelo menos cinco vezes na semana.

A ingestão dessas guloseimas só perde para feijão, leite e hortaliças, à frente de frutas frescas, por exemplo. Membro do departamento de obesidade da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, Márcio Mancini diz que a quantidade de crianças e adolescentes fora do peso ideal vem crescendo no país.

De acordo com o levantamento do IBGE Orçamento Familiar 2008-2009, 15% de crianças e adolescentes apresentavam obesidade ou sobrepeso em 2009. “Em 1974, essa taxa era inferior a 5%”, destaca o estudo.

Fonte: Correio Braziliense