Educação

SENAI Ceará tem moderno Laboratório de Papel e Papelão

As indústrias cearenses, com ênfase nos segmentos de embalagens e área gráfica, ganharam um reforço à sua competitividade com o Laboratório de Papel e Papelão do SENAI Ceará, localizado no Centro de Formação Profissional Antônio Urbano de Almeida.
O Laboratório é responsável por verificar a qualidade da matéria-prima e dos produtos acabados, evitando desperdícios no processo produtivo e garantindo aos consumidores produtos mais adequados. Além disso, emite laudos, sendo o único do Nordeste a prestar um serviço como laboratório terceirizado. Aparelhado com equipamentos para realizar testes, antes oferecidos apenas no eixo Sul/Sudeste do país, a unidade possui profissionais treinados e capacitados para atender a demanda do mercado.
Entre os serviços ofertados pelo laboratório, segundo Carla Gervania, instrutora educacional e responsável pela prestação de serviços técnicos e tecnológicos do SENAI, estão: a realização de ensaios para determinar resistência e qualidade de papéis, cartões e papelão ondulado (arrebentamento); a quantidade de água absorvida pela superfície deles (Cobb); a resistência ao rasgo de papéis e cartões (Elmendorf); o comportamento da caixa de papelão ondulado durante o empilhamento (compressão de coluna) e a resistência ou peso máximo suportável no fundo das caixas de papelão, além da espessura e gramatura das amostras.
É possível ainda a realização de testes para verificar a porosidade (permeância ao ar), a resistência à abrasão, que avalia a qualidade da impressão em etiquetas e embalagens, e o percentual de água contida numa amostra de papel ou papelão ondulado (determinação de umidade). Vale ressaltar que todos esses ensaios são realizados seguindo os procedimentos descritos nas normas técnicas vigentes.
Centro de Formação Profissional Antônio Urbano de Almeida. Endereço: Av. Padre Ibiapina, 1280 – Jacarecanga – Fortaleza/CE Telefone: (85) 3421.5219 ou (85) 3421.5225

Confira todos os serviços ofertados para a área de Gráfica e Editorial aqui.

Fonte: SENAI