Educação

Número de alunos no ensino superior não acompanha o número de formados

Praticamente um a cada quatro estudantes que deveriam ter renovado a matrícula no ensino superior em 2012 não voltaram às salas de aula. Levantamento feito pelo Correio Braziliense aponta que a desistência foi de 25%. Em 2011, o indicador ficou em 18%. O dado mais recente mostra 1,4 milhão fora das faculdades, 400 mil a mais que no ano anterior.

O ritmo de crescimento no número de calouros não acompanha o de formandos. Os números do Censo do Ensino Superior 2012, divulgados pelo ministro Aloizio Mercadante, mostraram que o total de ingressantes cresceu 17,1%, de um ano para o outro. Já o índice de concluintes subiu apenas 3,3% e chegou a 1.050.413.

Especialistas alertam para uma futura crise no ensino superior. De acordo com o coordenador do colegiado da licenciatura da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), João Valdir, a situação é preocupante. Ele cita quatro fatores: alta oferta de emprego, baixo valor do diploma, dificuldade financeira para custear o ensino e a frustração com o curso escolhido.

Fonte: Correio Braziliense