Educação

Sexismo começa na educação

/educacao/2013/11/02/sexismo-comeca-na-educacao/
253 Seja o primeiro a comentar

A educação é apontada por vários profissionais atuantes em tecnologia da informação como uma das principais apostas para melhorar a condição feminina na área. E isso levando-se em consideração desde crianças em idade escolar, até mesmo quando já se ingressou no ensino superior.

“Eu acredito que a mudança tem que começar já nos currículos escolares, com igual estímulo a meninas e meninos por todas as disciplinas, com exemplos e exercícios que sejam neutros para o gênero”, diz a socióloga Bárbara Castro.

Já na adolescência, para a professora da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) Carina Alves, PhD em Ciência da Computação, é necessário apresentar as carreiras associadas à TI. “Informática é uma área multidisciplinar e possibilita a realização de diversas atividades, desde entrevistas com clientes, desenvolvimento de código, condução de testes de software. É importante mostrar os benefícios e oportunidades no mercado”, explica.

images

Fonte: Diário de Pernambuco