Educação

Filhos em férias… Trabalho dobrado

Com o início das férias escolares, nas próximas semanas, um batalhão de crianças e adolescentes vão ganhar um período que varia entre um e dois meses de descanso.

Mas o que significa sossego e tempo livre para eles, pode se converter em dor de cabeça para os pais e responsáveis. Afinal, desde que o mundo é mundo, fazer arte é uma das atividades preferidas da molecada.

O problema é quando as brincadeiras saem do limite e se convertem em atitudes perigosas, capazes de ocasionar os temíveis acidentes domésticos. Nesta época do ano, é comum o número de ocorrências do gênero aumentarem envolvendo a criançada e alguns cuidados se fazem necessários para evitar grandes transtornos.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, perto de 65% das crianças se acidentam dentro de casa. De acordo com a faixa etária, os riscos variam. As quedas, por exemplo, são um risco para crianças a adolescentes, independente da idade. Já alguns tipos de problemas são mais inerentes aos menores, como queimaduras, ingestão de medicamentos ou produtos de higiene e limpeza, engasgos, afogamentos, etc.

Fonte: Diário da Franca