Educação

Relatório mostra que meninas são 54% da população fora da escola

As meninas representam 54% da população mundial fora da escola. A situação é mais grave nos Estados árabes, onde essa proporção é de 60% e não sofreu alterações desde 2000.

O desequilíbrio que prejudica as matrículas de meninas nas escolas é maior nos países de baixa renda. Os dados estão no 11° Relatório de Monitoramento Global de Educação para Todos, divulgado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

menina-escola-300x214

Eliminar as disparidades de gênero na educação é uma das metas a serem cumpridas até 2015 pelos 164 países que assinaram o Acordo de Dacar (Senegal), durante a Conferência Mundial de Educação, em 2000.

De acordo com o relatório, em 2011 apenas 60% dos países atingiram esse objetivo no nível primário e 38% no nível secundário. Nos países de renda média e alta, é mais comum haver equilíbrio entre os dois sexos.

Nos casos de disparidades, a situação se inverte e prejudica mais os meninos quando se refere aos níveis da educação secundária, indica o relatório.