Educação

'A TV não faz mal para as crianças', diz pesquisador

As contribuições para o entendimento da mídia sob a ótica econômica deram a Matthew Gentzkow, professor da Universidade de Chicago, nos Estados Unidos, lugar de destaque no rol de grandes pensadores americanos.

Entre suas obras está um estudo que comprova estatisticamente os benefícios da televisão para o desenvolvimento infantil, o que contradiz grande parte das pesquisas na área.

Na semana passada, ele foi agraciado com a medalha John Bates Clark, concedida pela Associação Americana de Economia, que o coloca, aos 38 anos, entre vencedores do Prêmio Nobel como Paul Samuelson e Milton Friedman.

Segundo ele, a forma mais correta seria dizer que, ao contrário do que dizem pesquisas realizadas nas últimas décadas, “a TV não faz mal às crianças”. “E mais, o estudo aponta indícios de que a televisão pode ter efeitos benéficos no desenvolvimento infantil, especialmente para os que vivem em ambientes desfavoráveis. Se você olhar para filhos de mães com baixo nível de escolaridade, de minorias étnicas ou de famílias que não têm o inglês como língua nativa, os benefícios são bastante significativos”, afirma.

Fonte: O Globo