Educação

CEERT realiza 7ª edição do Prêmio Educar para a Igualdade Racial e de Gênero

O Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades (CEERT), com a correalização da Fundação Vale, realiza a 7ª Edição do Prêmio Educar para a Igualdade Racial e de Gênero, aberto a todos os professores de Educação Infantil, Ensino Fundamental e  Ensino Médio, de escolas públicas e privadas.

As inscrições já estão abertas e podem ser feitas até o dia 31 de março de 2015.

Identificar, apoiar e disseminar práticas pedagógicas e de gestão desenvolvidas em escolas quilombolas ou que atendam crianças dos territórios quilombolas e valorizar a história da mulher, especialmente africana, afro-brasileira e indígena são os dois grandes desafios da edição deste ano do Prêmio, com título “Educar para a Igualdade Racial e de Gênero: experiências de promoção da igualdade em ambiente escolar”.

As novas orientações implementadas nesta 7ª edição do Prêmio procuram responder a questões levantadas por um estudo feito em 2013 – com apoio da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) e da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi) do Ministério da Educação (MEC) – tendo em vista a passagem  dos 10 anos de existência da Lei 10639, que torna obrigatório o ensino da história e cultura afro-brasileira e africana em todas as escolas, públicas e particulares, do ensino fundamental até o ensino médio.

O prêmio oferece curso de formação, prêmios em dinheiro para professores (R$ 5.000,00) e para a escola (R$ 10.000,00), notebooks, e um acompanhamento de até doze meses para duas escolas contempladas em cada etapa: educação infantil, ensino fundamental e ensino médio. Na categoria professor, há premiação especial para práticas que contemplem gênero, raça e etnia.

Clique aqui para acessar o edital e saber mais detalhes sobre o Prêmio.

Clique aqui para realizar a inscrição.

Fonte: Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed)