Educação

Um OLHAR para novos desafios da comunidade SURDA é o tema do I Encontro Setembro Azul

O campus do Cedro realiza nos dias 25 e 26 de setembro o “I Encontro Setembro Azul”, cujo o tema é “Um OLHAR para novos desafios da comunidade SURDA”.

Aberto ao público, o evento é organizado pela professora Raquece Cruz, docente e coordenadora do Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Específicas (Napne), pela professora Sibele Maria Souza e por alunas do curso de extensão em Libras.

A programação inicia com passeata pelas ruas do município cedrense, às 7h30. Na sequência, às 10h30, vai ser servido o almoço no IFCE no valor de R$ 8,50, e, à tarde, ocorrem oficinas e brincadeiras (ver na imagem ao lado). No segundo dia do encontro, vão ser realizados debates sobre o que é Setembro Azul, a Política de Formação dos Tradutores Intérpretes de Libras e relato de profissionais que atuam no setor, encenação teatral com a Associação dos Surdos de Iguatu (ASI), mesa-redonda,depoimentos de mães de pessoas surdas.

Na opinião da professora Sibele Souza, que tem surdez, é preciso ter incentivo para que mais pessoas surdas possam ter acesso ao ensino.“Minha intenção é querer incentivar o ensino da educação inclusiva para pessoas surdas, pois já temos a nossa segunda língua regulamentada aqui nosso país que a Lei é n°10.436/02. Mobilizar a melhoria de ensino de LIBRAS nas escolas inclusivas. Nós somos surdos (e igual a) qualquer pessoa humana a única diferença é linguística e nos comunicamos através pelas mãos e olhos”.

Por que Setembro?

O mês de Setembro é mundialmente comemorativo, pois é repleto de datas significativas que refletem a história de lutas e conquistas da Comunidade Surda. Algumas datas se destacam nesse mês:
Dias 6 e 11 de Setembro: marco triste para esta comunidade. Lembrança do Congresso de Milão (1880) no qual foi proibido o uso das Línguas de Sinais na Educação dos Surdos.
Dia 26 de Setembro: Dia Nacional do Surdo (Lei Nº 11.796 de 29 de Outubro de 2008).Nesta data, em 1857, foi fundada a primeira escola de surdos no Brasil pelo prof. Francês surdo Eduard Huet, o atual INES – Instituto Nacional de Educação dos Surdos, que fica no Rio de Janeiro.
Dia 30 de Setembro: Dia Internacional do Surdo.
Dia 30 de Setembro: Dia do Profissional Tradutor.

Por que Azul?

A cor Azul representa para a Comunidade Surda dois momentos históricos, o primeiro momento é o período da Segunda Guerra Mundial em que os Nazistas identificavam as Pessoas com Deficiência através de uma faixa de cor azul fixada no braço. O segundo momento é o atual. O azul simboliza a opressão enfrentada pelos surdos ao longo da história, mas mais que isso, mostra o orgulho de ser surdo, de englobar uma história, uma língua e um povo.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas pelo site do Encontro. (O link é https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdNXfyPGsM8QDApnbGN5s1YmnRkvKdAHGI9VcZ5RMYmJqTw5A/viewform).
FONTE: Anderson Lima (Jornalista IFCE Campus de Cedro)